Crítica: Uma Família Feliz

 

Uma Família Feliz é o tipo de filme que tem todos os elementos que prometem levá-lo ao êxito. O projeto parte do argumento e do roteiro de Raphael Montes, um dos jovens escritores brasileiros mais celebrados dos últimos tempos. A direção é de José Eduardo Belmonte, diretor que tem no currículo filmes com boa repercussão como Alemão e Se nada mais der certo. Além disso, no elenco da produção estão Grazi Massafera e Reynaldo Gianecchini, duas das maiores estrelas do nosso país. Todos esses talentos são reunidos para contar uma história com elementos de páginas policiais sobre uma família perfeita cujo cotidiano é abalado pela suspeita de que Eva, personagem de Massafera, tem agredido seus filhos. 

O caso de agressão doméstica ganha uma repercussão inesperada. A personagem de Grazi passa a ser hostilizada pelos vizinhos quando a vida privada da família repercute em aplicativos como o Whatsapp. Ao mesmo tempo, no âmbito privado, toda sorte de sentimentos positivos e a cumplicidade do casal cede espaço para desconfianças. Além de Vicente (Gianecchini) não ver mais a esposa com os mesmos olhos, ela passa a devassar a vida pregressa do marido e começa também a levantar suspeitas sobre o tratamento que ele dispensa aos filhos. Seria ele o agressor das crianças e não Eva?


A premissa de Uma Família Feliz é bastante promissora e, até certo ponto, a condução do filme é feita com competência. Belmonte consegue trazer para a história uma atmosfera de desconfiança crescente sobre a índole dos personagens de Massafera e Gianecchini, algo que instiga o espectador e o faz oscilar entre suspeitas que recaem sobre ambos. Por exemplo, em determinado momento da história, é interessante o uso que Belmonte faz de câmeras de segurança para acompanhar as investigações que a personagem de Grazi empreende na rotina do marido. Acontece que todos os esforços do projetos são sabotados pelas decisões tomadas pelo roteiro no terceiro ato da história.  

O grande problema de Uma Família Feliz reside nos seus trinta minutos finais. Quando o roteiro de Montes responde suas grandes interrogações, as soluções oferecidas são frustrantes. Toda a promessa de entrelaçar a trama com a dimensão sociológica da história, pautando temas como abuso doméstico, a hipocrisia da "família tradicional brasileira" que esconde toda sorte de "podres" pessoais por trás de um verniz cheio de valores, a paranoia no cotidiano dos condomínios de classe média alta e a cultura do linchamento virtual é diluída em prol de resoluções simplistas que levam o público ao arquétipo do "vilão psicopata", a encarnação de um mal intangível que contrasta com toda a abordagem do terror do cotidiano desejada pelo projeto até então. No fim das contas, o desfecho de Uma Família Feliz só serve para evidenciar lacunas a respeito de questões levantadas ao longo da trama, a principal delas, o passado do personagem de Reynaldo Gianecchini.


Diante da autossabotagem do roteiro de Montes, Massafera e Gianecchini são prejudicados em um trabalho que até os minutos finais demonstrava ser correto.  Uma Família Feliz não é um bom momento para ambos. Gianecchini torna Vicente um sujeito apático, ausente da dubiedade que seria fundamental para o personagem. Por sua vez, Grazi Massafera é quem mais sai perdendo em toda essa história. Durante boa parte do filme, Massafera conseguiu lidar muito bem com a paranoia que se instala no cotidiano da sua personagem, assimilando sentimentos opressores como a culpa. No entanto, conforme a trama de suspense de Uma Família Feliz encontra seu desenlace, a performance da atriz sobe o tom, frisando ainda mais o quanto esse projeto se distanciou das suas instigantes pretensões iniciais. 

 Quando as "peças" do "quebra-cabeças" de Uma Família Feliz são colocadas em seus respectivos lugares, as coisas naquela trama ainda soam como desencaixadas. No lugar de um suspense que serve como crítica social, pois é assim que Uma Família Feliz foi anunciado para o público, o espectador recebe um suspense de resoluções rocambolescas. Nada contra, mas não pareceu ser esta a pretensão inicial do longa. É uma pena. 



Avaliação


Título original: Uma Família Feliz
Ano: 2024
Duração: 115 minutos
Nos cinemas
Direção: José Eduardo Belmonte
Roteiro: Raphael Montes
Elenco: Grazi Massafera, Reynaldo Gianecchini, Juliana Bim, Luiza Antunes. 

Assista ao trailer:





COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,105,Resenhas,268,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Uma Família Feliz
Crítica: Uma Família Feliz
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEg1H6NWPtmcwCp1GyiNmEqSH_-iNzMRYr8DbDLS6jhtUzaBeObTQNKpFzLln2lQqolxwEYvysZVntP_pCXljhu84bFxwT6IiS57rWZ4A8krggVCY5gJJFGqxTiI4gnt_Q37WKlvsex6DTMZxuN0QQv9HA6qBlLVo0We5-UoJJsY58-AYrqkj_c5_ZsgzZjz/s16000/GI9jojFW8AArbk-.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEg1H6NWPtmcwCp1GyiNmEqSH_-iNzMRYr8DbDLS6jhtUzaBeObTQNKpFzLln2lQqolxwEYvysZVntP_pCXljhu84bFxwT6IiS57rWZ4A8krggVCY5gJJFGqxTiI4gnt_Q37WKlvsex6DTMZxuN0QQv9HA6qBlLVo0We5-UoJJsY58-AYrqkj_c5_ZsgzZjz/s72-c/GI9jojFW8AArbk-.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2024/04/critica-uma-familia-feliz.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2024/04/critica-uma-familia-feliz.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código