Crítica: Clube Zero


Em Clube Zero, a diretora austríaca Jessica Hausner (de Little Joe: A Flor da Felicidade) traz uma história que se passa por completo no colegial. No filme, adolescentes são convencidos por uma instrutora interpretada por Mia Wasikowska de que devem se submeter a uma dieta questionável marcada pela ausência completa da ingestão de qualquer alimento, daí o título "Clube Zero". Conforme os laços de confiança e devoção entre alunos e instrutora passam a ser fortalecidos por crenças e pela retórica da personagem de Wasikowska, tudo se complica no contexto desses estudantes, a saúde deles fica debilitada e seus pais perdem a autoridade na vida dos filhos, não conseguindo demovê-los da ideia de seguir aquela dieta estapafúrdia. 



Clube Zero é um esforço de Hausner e da sua co-roteirista Géraldine Bajard de falar sobre algo que está além daquilo que simplesmente é visto na tela, uma grande metáfora ou analogia parece estar em curso na narrativa do filme. O longa e toda a construção da diretora e roteirista parecem apontar a situação da dieta como uma grande metáfora para questões que preocupam a cineasta, mas esta relação é um pouco nebulosa. O grande problema é que Clube Zero não dá muitas certezas sobre o alvo das suas críticas, podendo a situação da dieta retratada no filme mirar vários temas borbulhantes como religião, política etc. 

A devoção cega dos estudantes às orientações da personagem de Wasikowska podem querer fazer o espectador pensar sobre a fé e os riscos de uma devoção cega a certos dogmas, a maioria fundados em retóricas que forjam uma pretensa realidade. Consequentemente, por indicar esta relação temática, o filme acaba esbarrando em aproximações com o cenário político global atual e a adesão irrestrita e inconteste de grupos, que mais parecem seitas religiosos, a lideranças extremadas cujo discurso-base para angariar adesão entre os eleitores está calcado no negacionismo.

 Todas os caminhos apontados são possíveis, mas Clube Zero não traz elementos em sua trama que especifiquem a direção do seu olhar. O filme parece preferir uma metáfora mais generalista e, como consequência, toda a abordagem fica na superfície, refém de uma reiteração discursiva sobre manipulação da realidade, devoção e seus riscos. Conforme os alunos do longa mergulham fundo na sua relação com a tal dieta, o espectador nota comportamentos ilógicos, calcados em crenças e construções de realidades que nada condizem com o mundo como ele de fato é e que os conduzem a uma auto-aniquilação.  



Clube Zero é um filme com muitos problemas de comunicação. Jessica Hausner é uma realizadora empenhada na oferta de um olhar original com seu cinema, mas Clube Zero peca pela ausência de uma crítica direcionada e de um trabalho mais consistente na construção da sua analogia. É um longa que causa angústia e, de certa forma, a realizadora acerta na construção dessa experiência emocionalmente exaustiva para seus personagens, mas peças fundamentais estão faltando nessa crítica da realizadora e o longa não consegue criar uma relação mais sólida e intelectivamente rica com o espectador.  



Avaliação


Título original: Club Zero
Ano: 2023
Duração: 110 minutos
Nos cinemas
Direção: Jessica Hausner
Roteiro: Jessica Hausner e Géraldine Bajard
Elenco: Mia Wasikowska, Sidse Babett Knudsen, Ksenia Devriendt, Luke Barker, Florence Baker, Samuel D Anderson, Gwen Currant, Andrei Hozoc. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,107,Resenhas,276,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Clube Zero
Crítica: Clube Zero
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh-Zwq1jeObuUQK5jzFupHUqdfkPkoNkr9c35kSjiH_CdpK9VEpuWf4K571LBMDP_qLNn6CKgpdspLzPR_-RDra8102bWGPIroBtJc1eUMPX1ms3lW9IOmnwIGRL6VXb-FLF3MSgDytl2jO6GbVW3fXx7W3oAzdW-6sdsMlD1Yjfj3OLgUA98LDFUfDoW_B/s16000/clube%20zero%20critica.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh-Zwq1jeObuUQK5jzFupHUqdfkPkoNkr9c35kSjiH_CdpK9VEpuWf4K571LBMDP_qLNn6CKgpdspLzPR_-RDra8102bWGPIroBtJc1eUMPX1ms3lW9IOmnwIGRL6VXb-FLF3MSgDytl2jO6GbVW3fXx7W3oAzdW-6sdsMlD1Yjfj3OLgUA98LDFUfDoW_B/s72-c/clube%20zero%20critica.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2024/04/critica-clube-zero.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2024/04/critica-clube-zero.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código