Crítica: Todos menos Você

 


Trazendo como protagonistas dois dos jovens atores do momento em Hollywood, Glen Powell, recém-saído de Top Gun: Maverick, e Sydney Sweeney, que chamou a atenção por sua atuação na série da HBO Euphoria, a comédia romântica Todos menos Você deseja ser veículo para catapultar ainda mais a carreira de ambos. O longa de Will Gluck, cuja experiência no gênero é marcada por Amizade Colorida de 2011 com Mila Kunis e Justin Timberlake, é centrado na tensão sexual entre protagonistas que vivem ao longo da narrativa a já conhecida dinâmica de "gato e rato" para enfim se reconhecerem como "almas gêmeas" um do outro entre o segundo e último ato da história, inspirando-se no texto clássico de Muito barulho por nada de William Shakespeare. 


No longa, Sweeney e Powell vivem duas pessoas que se conhecem ao acaso e imediatamente sentem que aquela relação pode se desenvolver para além do encontro fortuito ou da amizade. Um mal entendido entre eles os repele e eles passam a odiar um ao outro. Acontece que eles vão se reencontrar tempos depois em razão do casamento da irmã dela e da melhor amiga dele. Em nome do carinho que sentem pelo casal, eles resolvem aparentar uma trégua, mas é claro que não conseguem esconder por muito tempo algumas picuinhas e eles são envolvidos em uma série de problemas ao longo dos preparativos e dos festejos matrimoniais na Austrália. 

Para os fãs de comédias românticas, é animador ver um filme do gênero chegar aos cinemas com um marketing tão expressivo, isso porque parte das realizações mais populares desse tipo de história nos últimos anos têm ficado restritas aos serviços de streaming, com raríssimas exceções como Podres de Ricos, por exemplo. No entanto, infelizmente, Todos menos Você não faz muita justiça às suas expectativas. O longa de Will Gluck é completamente refém das fórmulas que procura seguir e que são próprias a esse tipo de história, sem se atrever a sequer surpreender pontualmente o espectador. A sensação é que o longa nunca abre espaço para o mínimo de espontaneidade e sequer aproveita o carisma e o talento da sua dupla de protagonistas. Powell e Sweeney têm, inegavelmente, potencial e sex appeal, mas produzem uma faísca tão artificial na tela que o resultado do filme comprova como parte do que se falava sobre a química do casal foi pura construção de marketing para convencer o público a se interessar pelo filme.  


Em Tudo menos Você, as piadas são as de praxe, os diálogos também são aqueles de sempre e a estrutura da história não surpreende muito. Não era necessário que Gluck realizasse grandes rupturas com o gênero, ou seja, Tudo menos Você nem precisaria "inventar a roda" ao contar esse tipo de história. Acontece que seria fundamental imprimir algum tipo de faísca na dinâmica de "amor e ódio" entre Sydney Sweeney e Glen Powell, além de um certo incremento e - por que não - um fator originalidade na apropriação das marcas do gênero. No final das contas, o que Tudo menos Você oferece é a experiência mais protocolar e sem carisma possível de uma comédia romântica, uma colagem de tantas outras mais expressivas que já assistimos ao longo da extensa lista de exemplares marcantes do gênero. 


Avaliação




Título original: Anyone but you
Ano: 2023
Duração: 103 minutos
Nos cinemas
Direção: Will Gluck
Roteiro: Will Gluck e Ilana Wolpert
Elenco: Glen Powell, Sydney Sweeney, Alexandra Shipp, Dermot Mulroney, Rachel Griffiths, Hadley Robinson, Josh Bonello, Mia Artemis, Nat Buchanan, Charlee Fraser. 


Assista ao trailer:



COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,102,Resenhas,254,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Todos menos Você
Crítica: Todos menos Você
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgTu9i5Qgud7MwpE7LzuAM4YUnB6X9im0MlF4E_Zft9ekvt2jFHJq6RvvZCrpShJi0uLXtf7N_-QCmuEYeSLgp2xHZH8Fj1JKM8X_sPCU4wUzB1gUd6RADU2AuR1_YxMxvWadkXbsbxoley_WSYimPJf073kGw9Uc3c-6y0wdK-TB_CGyBGUiHw7JSc6PbI/s16000/todos%20menos%20voce__.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgTu9i5Qgud7MwpE7LzuAM4YUnB6X9im0MlF4E_Zft9ekvt2jFHJq6RvvZCrpShJi0uLXtf7N_-QCmuEYeSLgp2xHZH8Fj1JKM8X_sPCU4wUzB1gUd6RADU2AuR1_YxMxvWadkXbsbxoley_WSYimPJf073kGw9Uc3c-6y0wdK-TB_CGyBGUiHw7JSc6PbI/s72-c/todos%20menos%20voce__.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2024/01/critica-todos-menos-voce.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2024/01/critica-todos-menos-voce.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código