Crítica: A História da Minha Mulher


Publicado na década de 1980, o romance A História de Minha Esposa: As Reminiscências do Capitão Sorr foi escrito pelo húngaro Milan Fust e causou um certo alvoroço ao narrar a jornada introspectiva do seu protagonista, um marinheiro que faz um inventário de sua complicada vida amorosa. A adaptação desse romance ficou a cargo da cineasta húngara Ildikó Enyedi, que anos atrás trouxe para as telas o drama Corpo e Alma (2017), indicado ao Oscar de melhor longa internacional e vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim. 

A adaptação de Enyedi é intitulada A História da Minha Mulher e mantém algumas das características notórias do seu romance, como a recusa de muitas vezes ceder a qualquer linearidade narrativa e seu compromisso de se debruçar sobre uma análise psicológica profunda nos desejos amorosos dos seus protagonistas. Como resultado, na tela, o espectador acompanhará o jogo de provocações estabelecido entre o Capitão Sorr (de Gijs Naber, de filmes como A Espiã de Paul Verhoeven) e sua jovem esposa Lizzy, interpretada por Léa Seydoux.   


Falado totalmente em língua inglesa, possivelmente uma estratégia para facilitar a "vida comercial" do longa, A História da Minha Mulher é beneficiado pela direção elegante de Ildikó Enyedi, que a despeito da escolha do idioma, recusa mastigar seu já complexo material-base para o espectador. Enyedi faz um filme atento ao potencial dos seus registros visuais na composição da psicologia atormentada do seu protagonista e em momento algum julga os passos da sua personagem feminina principal. Os momentos mais inspirados da diretora são quando ela contrapõe cenários vastos e o silêncio que eles trazem com a melancolia do seu protagonista masculino.  

A diretora conta com uma dupla de atores muito comprometida em cena. Quando compartilham o mesmo cenário, Gijs Naber e Léa Seydoux sabem aproveitar as potencialidades um do outro e usá-las em benefício da própria construção que cada um deles faz dos seus próprios personagens. O jogo de cena de Naber e Seydoux é marcado por muita tensão e por dubiedades que colocam em crise qualquer crença cristalizada a respeito de temas como a monogamia, o amor e a sexualidade. O filme ainda conta com uma participação de Louis Garrel como uma potencial terceiro elemento nessa trama amorosa, mas a despeito da presença interessante, ele não se destaca tanto quanto os protagonistas desta história. 


A História da Minha Mulher é menos explosivo que o trabalho anterior da sua realizadora, mas não menos sintomático do seu talento para tecer histórias complexas e observar os meandros psicológicos da jornada dos seus protagonistas. Ildikó Enyedi mantém as rédeas desta adaptação com muita segurança e confia plenamente na sua competente dupla principal. Se não chega a ser memorável, o resultado de A História da Minha Mulher ao menos é contundente e confirma a habilidade da sua cineasta para tecer histórias com esse tipo de abordagem. 

 


Título original: A feleségem tortenete 
Ano: 2021
Duração: 169 minutos
Nos cinemas
Direção: Ildikó Enyedi
Roteiro: Ildikó Enyedi 
Elenco: Gijs Naber, Léa Seydoux, Louis Garrel, Sergio Rubini, Jasmine Trinca, Luna Wedler, Josef Hader, Udo Samel, Romane Bohringer, Sandor Funtek.


Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,107,Resenhas,276,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: A História da Minha Mulher
Crítica: A História da Minha Mulher
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi54rRBJPwwJ9TzIHukVHCn6S9QjO1MxrNSXB81uZacmqisPLhtM_6jPDnKYRSi3GkAAp2MT9GfD2_PnKssIBNSqyck7WQwssfTLUaIPdO_sLOXeIrt0R2llMZR30PhyHGdVzpqZsYT3EGN0gxb7_miDLvoNUJmp3HWIkFebUTo3UIUr99oy4ruOZajBw/s16000/a%20historia%20da%20minha%20mulher%20filme.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi54rRBJPwwJ9TzIHukVHCn6S9QjO1MxrNSXB81uZacmqisPLhtM_6jPDnKYRSi3GkAAp2MT9GfD2_PnKssIBNSqyck7WQwssfTLUaIPdO_sLOXeIrt0R2llMZR30PhyHGdVzpqZsYT3EGN0gxb7_miDLvoNUJmp3HWIkFebUTo3UIUr99oy4ruOZajBw/s72-c/a%20historia%20da%20minha%20mulher%20filme.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2023/06/critica-historia-da-minha-mulher.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2023/06/critica-historia-da-minha-mulher.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código