Crítica: M3gan


Brinquedo assassino

M3gan flerta com o horror B para criar um fenômeno pop na forma de uma boneca serial killer de inteligência artificial. 



Antes mesmo de ser lançado, M3gan já havia capturado a atenção dos fãs de horror com sua boneca serial killer high tech que dá nome ao título. De fato, M3gan se junta a já povoada galeria de bonecos mais assustadores da história do cinema, da qual já fazem parte Chucky e Annabelle. Em M3gan, possessões demoníacas são substituídas por toda uma discussão do filme em torno dos limites para o uso da inteligência artificial na medida em que ao criar uma boneca completamente eficiente, mas, como qualquer tecnologia, falha em suas funções, o resultado é o nascimento de uma máquina extremamente letal. 

A história de M3gan tem início quando Gemma (Allison Williams, de Corra!) dá de presente para sua sobrinha uma de suas recentes criações na empresa onde trabalha, a boneca robótica M3gan. A garota passa pelo luto após perder os pais em um acidente e a boneca é uma forma que Gemma encontra de buscar suporte nas responsabilidades recém adquiridas da criação da sobrinha e de também testar seu novo invento antes de levá-lo ao mercado. Na medida em que M3gan vai fortalecendo os laços com a garota e mostrando algumas falhas na sua sofisticada inteligência artificial, as coisas começam a ficar perigosas para Gemma e a boneca passa a colecionar vítimas no entorno da tia e da sobrinha. 


O roteiro de M3gan tem uma vocação para filme B que a obra "abraça" em partes. É um filme B concebido por um grande estúdio, por mais contraditório que isso possa parecer. A trama é estapafúrdia (não a ponto de não conseguirmos identificar inspirações e consequências no mundo fora das telas), mas sobretudo a história não se envergonha de flertar com o que existe de mais barato dramaturgicamente: os diálogos, o desenvolvimento de sua trama, as situações nas quais suas personagens são envolvidas...

A direção de Gerard Johnstone por vezes anda em um descompasso em relação ao seu texto, já que tudo em M3gan é levemente pasteurizado e o longa suaviza bastante o teor violento da sua história. A impressão que fica é que Johnstone não aproveita tanto o humor latente da sua trama. Não chega a ser um fator que compromete totalmente o filme, mas faz com que ele não consiga atingir as "notas" necessárias, sendo um pouco aquém do que poderia ser. O humor e o flerte do absurdo de M3gan por vezes não é captado pelo diretor. Nas mãos de um cineasta que soubesse lidar com essas características e que "brincasse" com mais consciência com as marcas do horror B, como um Sam Raimi (Arraste-me para o Inferno) da vida, por exemplo, o longa ganharia mais identidade. 


M3gan já tem o charme de ser um recente fenômeno da cultura pop. Comprovam isso o estilo singular dessa assassina, que rendeu sua viralização em redes sociais, sobretudo pelas suas dancinhas, mas sobretudo a boa bilheteria da sua semana de estreia nos EUA. Falta ao longa uma condução que corresponda a esses apelos, mas não tem como tirar do filme elementos que o transformam em um entretenimento eficiente que fideliza um grupo de fãs e certamente renderá algumas continuações e derivados. Aguardem. 
 

Avaliação


Título original: M3gan
Ano: 2022
Duração: 102 minutos
Nos cinemas
Direção: Gerard Johnstone 
Roteiro: Akela Cooper
Elenco: Allison Williams, Violet McGraw, Ronny Chieng, Brian Jordan Alvarez, Jen Van Epps, Lori Dungey, Stephane Garneau-Monten, Amie Donald.  

Assista ao trailer:

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,102,Resenhas,254,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: M3gan
Crítica: M3gan
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhZI3Zq7_Y6ObDPshIop51nxu48kig6cq0deSog0mphAjISx85STQ6v3IracAL4EOy53i1qcjNXqSWz-v2mT_ove6J_C0TFlmEo-llJI7H0b_rHUTQUzoplBE10S6BxxMb7IQ3HOdq_yfiSTkZ_UxK94TLJ8-vUSPrtYOATBc7lgQlUd9wlSSgE5Vld2A/s16000/m3gan.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhZI3Zq7_Y6ObDPshIop51nxu48kig6cq0deSog0mphAjISx85STQ6v3IracAL4EOy53i1qcjNXqSWz-v2mT_ove6J_C0TFlmEo-llJI7H0b_rHUTQUzoplBE10S6BxxMb7IQ3HOdq_yfiSTkZ_UxK94TLJ8-vUSPrtYOATBc7lgQlUd9wlSSgE5Vld2A/s72-c/m3gan.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2023/01/critica-m3gan.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2023/01/critica-m3gan.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código