Crítica: Lobisomem na Noite



Violência com filtro

Dentro das suas redes de controle e sob a direção de Michael Giacchino, a Marvel cria um dos seus projetos mais originais. 



Lobisomem na Noite é um projeto diferenciado dentro das ambições de construção de universo compartilhado da Marvel. Ainda assim, cabe frisar, tudo aqui possui um certo grau de controle do estúdio. Trata-se do primeiro especial da Marvel no Disney Plus, criado como parte da celebração do Halloween. A obra reverencia a estética do cinema de monstros da Universal nos anos 1930 com sua fotografia em preto e branco, a performance teatralizada de parte do seu elenco e até mesmo recursos como maquiagem lembram aqueles títulos, como evidencia o visual do lobisomem título. Essa ambição estética cheia de personalidade se alia a sequências violentas nas quais os corpos são mutilados pela criatura do título. Como autoria e violência nunca foram as diretrizes da Disney para o estúdio, o resultado, claro, chama a atenção. 

Podemos dizer que Lobisomem na Noite é um dos títulos mais "fora da curva" na história da Marvel. Ainda assim, nem toda ideia é exercida com total independência desse grande projeto narrativo que o estúdio sempre tem como horizonte. A violência é permitida em Lobisomem na Noite porque eles contam com uma fotografia em preto e branco que suaviza a visualidade do sangue e da carnificina. Nesse mesmo sentido, por mais que se apresente como uma pocket história isolada, existe em dado momento pontos de conexão com tudo o que foi construído pelo estúdio, ou seja, a ideia de universo expandido está presente de alguma forma também nesse especial. 



Mesmo com suas concessões, não podemos afirmar que Lobisomem na Noite peca em suas ambições, pelo contrário. O grande trunfo desse projeto é justamente encontrar uma brecha no esquema pasteurizante do seu estúdio para conseguir fazer um projeto singular e que mexe um pouco com aquela sensação de "chover no molhado" que a atual fase da Marvel trouxe para o seu público. 

No longa, acompanhamos os preparativos de uma cerimônia que envolve um clã de caçadores de monstros, entre eles, a filha do antigo líder do grupo. Eles se envolverão em uma disputa pelo comando do clã e acabam se deparando com o surgimento de um lobisomem à meia-noite. A história do especial é toda centrada em uma única noite com esses personagens presos nesse cenário e ameaçados pela criatura que surge. 


Lobisomem na Noite tem vilões superficiais, especificamente a ex-esposa do líder do grupo de caçadores, mas possui dois protagonistas interessantes que encontram um elo inesperado no desfecho, os personagens de Gael Garcia Bernal e Laura Donnelly. O especial tem senso estético apurado sem soar derivativo ou autoindulgente. É um projeto que sabe delimitar o que é da ordem da inspiração e quando deve alçar voos próprios. 

Todo o resultado aqui é mérito do seu diretor Michael Giacchino. Ele fez uma passagem muito segura para outra função no processo de realização cinematográfica - estamos falando do compositor de trilhas de sucesso como as de Up: Altas Aventuras e Batman (2022). Giacchino já havia dirigido um episódio de Star Trek em 2019 e um curta em 2018, mas aqui ele tem um protagonismo mais determinante na função de diretor. 

É claro que, em outro contexto, Giacchino poderia ter dado vazão a ambições maiores que emular planos dos filmes de terror clássicos da Universal ou fazer referência à gradual coloração da imagem de O Mágico de Oz. Porém, dentro dos termos propostos pela Marvel, o diretor faz um projeto que vibra na tela com momentos extasiantes, o principal deles, claro, a transformação e o ataque do lobisomem do título aos membros odiosos do clã. É tão bom que termina e o espectador fica com aquele desejo de que Giacchino poderia ter se alongado mais e ter feito desse material um longa-metragem. Melhor impressão final do que esta, o diretor não poderia ter deixado.


Avaliação


Título original: Werewolf by Night
Ano: 2022
Duração: 52 minutos
Disponível no Disney +
Direção: Michael Giacchino 
Roteiro: Heather Quinn e Peter Cameron
Elenco: Gael Garcia Bernal, Laura Donnelly, Harriet Sansom Harris, Kirk R. Tatcher, Leonard Nam, Daniel J. Watts, Al Hamacher, David Silverman. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,19,Entrevista,2,Extras,9,Listão,34,Matéria Especial,28,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,102,Resenhas,255,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Lobisomem na Noite
Crítica: Lobisomem na Noite
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiQKlKUpMVsAjku0NNaLdHuT5YMCxI0egM7Qz8nEHK_QQFfiLCuxd29J5JoFqcvWu_D_33-OzxjTkbiFyAEKWW-e4Y_LZVzqo8JT-dOBgAcermQ_XwmskmL5h6ji9XufsQTtl06KOAnaS9OUBrc137ftb2qtaiX1p17Jg9flhbulYN0UHuOLN-CzaTSxQ/s16000/lobisomem%20na%20noite.png
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiQKlKUpMVsAjku0NNaLdHuT5YMCxI0egM7Qz8nEHK_QQFfiLCuxd29J5JoFqcvWu_D_33-OzxjTkbiFyAEKWW-e4Y_LZVzqo8JT-dOBgAcermQ_XwmskmL5h6ji9XufsQTtl06KOAnaS9OUBrc137ftb2qtaiX1p17Jg9flhbulYN0UHuOLN-CzaTSxQ/s72-c/lobisomem%20na%20noite.png
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2022/10/critica-lobisomem-na-noite.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2022/10/critica-lobisomem-na-noite.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código