Crítica: Crimes do Futuro


Beleza interior

David Cronenberg retorna para as telas com um body horror que disseca aspectos fundantes da nossa sociedade. 


Com pouca margem de dúvida, Crimes do Futuro é um dos trabalhos mais consistentes de David Cronenberg nas últimas décadas. O filme anuncia o retorno do realizador ao que se denomina como body horror da melhor forma possível. Interseccionando gêneros, o horror, o sci-fi e o noir, Crimes do Futuro é um longa que fala sobre tantas coisas que renderia páginas e mais páginas de análise tamanha a abrangência da obra: dor e sua relação com a criação artística, a atração sexual pela aparência e pela interioridade, a forma como desafiamos os limites da natureza e dos nossos corpos por caprichos ou por assimilações de hábitos capitalistas etc. 

O trabalho de fôlego de Cronenberg tem início quando nos apresenta um menino cujo comportamento preocupa a mãe. Instintivamente, ele procura objetos de plástico para se alimentar. Logo em seguida, em um outro espectro dessa mesma narrativa, somos apresentados a Saul Tenser (Viggo Mortensen) e Caprice (Léa Seydoux). A dupla de artistas performáticos é reconhecida por suas apresentações em mesas cirúrgicas, na qual Caprice narra e conduz em tom dramático a invasão ao corpo debilitado de Saul com objetos perfurantes. 
 

Crimes do Futuro está longe de ser um exercício vazio de gênero. É um longa que não usa expedientes de marcas do body horror ou do noir para o puro deleite dos entendidos cinéfilos. Nada é aleatório ou narcisista na imersão acertada do diretor pelos traços narrativos e estilísticos da tradição desses tipos específicos de história, o que só comprova a extrema habilidade do realizador de manipulá-las a propósitos definidos desde o princípio. Crimes do Futuro não é um exercício de vaidade, mas um projeto cinematográfico definido e defendido com inteligência e repertório por Cronenberg. 

O diretor cria de forma orgânica um universo com regras de conduta e linguagem próprias. Nada em Crimes do Futuro parece lembrar os protocolos da realidade que vivemos. Ao mesmo tempo, o filme aponta de maneira reiterada e crítica seus olhares para o que nós, do lado de cá da tela, estamos fazendo com a nossa experiência na Terra, sobretudo a forma como agredimos e transmutamos nossos corpos ao bel-prazer das necessidades de consumo e dos nossos caprichos, por quaisquer vias (arte, sexo, alimentação). Trata-se de um dos temas mais palpitantes da obra. 

Os olhares das personagens de Viggo Mortensen e Léa Seydoux, ao mesmo tempo sensíveis por uma pretensa exterioridade, mas no fundo parte dessa engrenagem maluca exposta pelo diretor, são fundamentais para o desenrolar do discurso do filme sobre seus temas. Mortensen e Seydoux são os protagonistas ideais dessa história. Kristen Stewart também tem seus momentos como a burocrata deslumbrada pelo trabalho da dupla, assim como Scott Speedman que surpreende como um líder revolucionário. No entanto, fica evidente que o protagonismo dessa obra é de Cronenberg e sua capacidade de criar uma realidade tão peculiar e fascinante, distante e bizarramente próxima quanto aquela que é construída pelo filme. 


A potência criativa alegórica de David Cronenberg tem uma das suas melhores formas em Crimes do Futuro, um filme que o tempo inteiro aproxima o grotesco e o horror da beleza, o prazer da dor, a destruição da criação. Cronenberg faz uma síntese poderosa da maneira limítrofe com a qual o ser humano conduz sua vida na Terra, a capacidade de se destruir por impulsos fúteis (mercantilistas, de prazer efêmero) e de contornar os problemas criados com isso através da criação artística e científica, se aproximando de um divino, que, por sua vez, também se impõe ao humano. Com o filme, o cineasta destaca como nossa experiência humana tem sido até aqui: destrutiva e caótica, mas, surpreendentemente, bela e dispersa na oferta de prazeres. É de um refinamento criativo intelectual e de uma disposição para a provocação cada vez mais rara de se ver com tamanha criatividade nas telas. 


Avaliação


Título original: Crimes of the Future
Ano: 2022
Duração: 107 minutos
Disponível no Mubi e nos cinemas
Direção: David Cronenberg
Roteiro: David Cronenberg
Elenco: Viggo Mortensen, Léa Seydoux, Kristen Stewart, Scott Speedman, Lihi Kornowski, Don McKellar, Nadia Litz, Tanaya Beatty. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,20,Entrevista,2,Extras,9,Listão,32,Matéria Especial,26,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,56,Resenhas,154,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Crimes do Futuro
Crítica: Crimes do Futuro
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi5PcZ4gE3ftYDB-y3oBJvr9qSwRRKy64bZi9Z-6G635i3EvBhb4Y8NGBpJin5asPqIWyu5DfuJu7Zy7uo9AP6iJ_8o7K9-3jW_BHgzuJ0ENzb3-Lmkbt0ouvVySkZVygY4c83vA-fxGS-9fbQNMJMfTRGL_ohUjfMXcdbUVq0syxu20XptF-HG6zWw9g/s16000/Crimes%20of%20the%20Future.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi5PcZ4gE3ftYDB-y3oBJvr9qSwRRKy64bZi9Z-6G635i3EvBhb4Y8NGBpJin5asPqIWyu5DfuJu7Zy7uo9AP6iJ_8o7K9-3jW_BHgzuJ0ENzb3-Lmkbt0ouvVySkZVygY4c83vA-fxGS-9fbQNMJMfTRGL_ohUjfMXcdbUVq0syxu20XptF-HG6zWw9g/s72-c/Crimes%20of%20the%20Future.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2022/08/critica-crimes-do-futuro.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2022/08/critica-crimes-do-futuro.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código