Crítica: Sempre em Frente


Adorável Joaquin

Ator mostra que pode ser amável na tela em Sempre em Frente, uma joia cinematográfica dirigida e roteirizada por Mike Mills. 


De Gladiador, Johnny e June, passando por O Mestre e mais recentemente Coringa, e ainda pela sua própria persona fora das telas, Joaquin Phoenix sempre foi um ator cuja assinatura é a exposição de uma personalidade complicada e dúbia. Quando pensamos no ator imediatamente o associamos a um perfil atormentado. Sempre em Frente me soa como uma quebra dessa recorrência como foi Ela, de Spike Jonze. Ainda que em ambos os personagens de Phoenix apresentem sua carga dramática, o ator consegue enfim um respiro e dá corpo a um sujeito que mobiliza sentimentos positivos na relação do público com aquela figura. 

No longa de Mike Mills (dos ótimos Toda Forma de Amor e Mulheres do Século 20), Phoenix dá vida a Johnny, um jornalista de rádio que passa uns dias com o sobrinho enquanto grava um programa com crianças pelos EUA. O personagem se vê convocado para a função de cuidar do garoto enquanto sua irmã viaja para tratar de alguns problemas de saúde envolvendo o ex-marido, o pai do menino.

Em Sempre em Frente, Mills faz o que realiza de melhor, apresenta para o espectador uma situação aparentemente banal, mas gradualmente envolve o público com relações críveis que transbordam sensibilidade sem soar apelativas. No longa, o diretor e cineasta fortalece gradualmente os laços de tio e sobrinho que tinham pouco contato até então. O cineasta utiliza este mote para falar sobre ritos de passagem e sobre encontros e situações que, insuspeitadamente, marcam nossas vidas e nos transformam. 

As opções estéticas de Mills atendem ao propósito intimista da sua obra. A fotografia P&B de Sempre em Frente coloca os cenários em segundo plano, o que interessa no filme e o que salta na tela são os sentimentos que tomam conta da experiência vivida por Johnny e seu sobrinho Jesse. O diretor intercala o filme com cenas do próprio Joaquin como Johnny entrevistando crianças e adolescentes reais, estabelecendo uma dinâmica emocionante entre ficção e documentário na medida em que as respostas nos indicam a estágios da relação do protagonista com o sobrinho e das principais inquietações do garoto. O filme coloca a vida na sua beleza como experiência sensorial e reflexiva nesse diálogo entre formatos. 

Mills ainda consegue desempenhos carregados de sensibilidade do seu elenco. Joaquin Phoenix surge em cena como um sujeito adorável, que vai se reconstruindo a todo momento em cena, capaz de improvisos e superações sem perder o liame da sua personalidade, algo possível graças a sua interação com o espontâneo Woody Norman, o garoto que interpreta o seu sobrinho. Gaby Hoffmann tem uma participação como a irmã do personagem de Joaquin e também tem ótimos momentos. 


Apresentando mais uma vez um filme leve, mas carregado de sentimentos e reflexões densas sobre a vida e as relações familiares, Mike Mills segue com seu minimalista e potente projeto cinematográfico em Sempre em Frente. Executando um trabalho que seria um divisor de águas na sua carreira, Johnny (Phoenix) aprende muito mais sobre os fluxos da vida e o olhar das crianças para o trauma e os mecanismos de sua superação com a convivência com seu sobrinho do que em campo com seu microfone. Melhor, aquela vivência profissional só é completa quando ele começa a ter um convívio íntimo com Jesse em dias que acabaram sendo definitivos para ambos. 
 

Avaliação


Título original: C'mon C'mon
Ano: 2021
Duração: 109 minutos
Disponível no Google Play, Net Now.
Direção: Mike Mills
Roteiro: Mike Mills
Elenco: Joaquin Phoenix, Woody Norman, Gaby Hoffmann, Scoot McNairy, Molly Webster, Deborah Strang, Keisuke Hoashi. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,315,DVD & Blu-Ray,6,É Tudo Verdade,3,Editorial,2,Ensaios e Artigos,20,Entrevista,2,Extras,9,Listão,32,Matéria Especial,26,Mostra SP,6,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,48,Resenhas,139,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,10,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Crítica: Sempre em Frente
Crítica: Sempre em Frente
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgSTSaPsdYLa8utoXlDKAMFTS7efto2JLTjaNPMBO-Sp0FNR44eaGPAI2wYhHVyt9uhtU-DcFUDDGczvCLBZvMyP3Td05JARRL2ykF7_FNjxSt-50BZUyrfP73GgUnOD952sp6zAd3mnhkOmtSIo0vFxtlJmLUGkgMCHBlJEdhR8BIlee1H2hYpRHiqiw/s16000/cmon-cmon.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgSTSaPsdYLa8utoXlDKAMFTS7efto2JLTjaNPMBO-Sp0FNR44eaGPAI2wYhHVyt9uhtU-DcFUDDGczvCLBZvMyP3Td05JARRL2ykF7_FNjxSt-50BZUyrfP73GgUnOD952sp6zAd3mnhkOmtSIo0vFxtlJmLUGkgMCHBlJEdhR8BIlee1H2hYpRHiqiw/s72-c/cmon-cmon.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2022/06/critica-sempre-em-frente.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2022/06/critica-sempre-em-frente.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código