Três séries europeias para assistir durante a quarentena



por Dolores Góes

Fora do radar das produções estadunidenses existe um número variado de narrativas seriadas nos serviços de streaming que talvez mereçam ser conhecidas do grande público. Selecionamos três delas para você investir durante essa quarentena. 


Babylon Berlin

Essa é sem dúvida uma das melhores produções da TV fora dos circuitos americanos que estamos acostumados a ver. Produzida pelo canal alemão Sky Deutschland, a série teve início em outubro de 2017, sendo baseada nos best-sellers do escritor alemão Volker Kustcher, que embora tenham sido sucesso de vendas no velho continente, não chegaram a ser lançados aqui no Brasil. A trama se passa na Berlim dos anos 1920, mergulhada num caldeirão cultural, político e social. No centro dela, está o inspetor policial Gereon Rath (Volker Bruch), recém chegado a Berlim para investigar uma rede de pornografia e crime na cidade. As investigações avançam e Rath se vê envolvido numa conspiração que chega até as altas esferas do governo alemão. Ao lado dele, está o detetive Bruno Wolter (Peter Kurth) e Charlotte Ritter (Liv Lisa Fries), estenógrafa da Central de Polícia que o ajudam nas investigações. O responsável pela adaptação é Tom Tykwer, que dirigiu entre outras coisas, os filmes “Corra, Lola, Corra” e “Perfume - A História de um Assassino”. As duas primeiras temporadas estão disponíveis na Globoplay.

Porque vale a pena conferir: com uma fotografia e reconstituição de época excelentes, um roteiro competente e ótimas atuações do elenco, a série é uma grata surpresa que ainda precisa ser descoberta pelo grande público. Sua produção faz um trabalho incrível ao trazer para a tela personagens inspirados em pessoas reais que existiram nas décadas de 20/30 na Alemanha, mostrando os anos que antecederam a queda da República de Weimar, a consequente instauração do Reich e ascensão do Nazismo. Babylon Berlin é considerada a segunda produção de Tv mais cara já feita na Alemanha e isso fica evidente no primor da cenografia e dos figurinos, no retrato feito pela série dos anos dourados dos cabarés, muito populares na Alemanha naquela época, lugares onde o glamour das artes e da cultura berlinenses ferviam. Para quem gosta de um thriller de suspense com viés histórico e um visual que abraça a estética neo-noir, vale muito a atenção!

Elenco: Volker Bruch, Liv Lisa Fries, Leonie Benesh, Severije, Janusauk, Lars Eidinger, Peter Kurth Hannah Herzsprung,

Anton Von Lucke, Christian Friedel, Misel Maticevic e Jens Harzer.

Direção: Tom Tykwer, Hendrik Handloegten e Achim Von Borries

Roteiro: Achim Von Borries e Hendrik Handloegten

Assista ao trailer:




Doctor Foster

Série britânica produzida em 2015 pela BBC One e que conta com duas temporadas fechadas. A série está disponível na Netflix. A história gira em torno da vida da Dra. Gemma Foster (Suranne Jones), uma mulher que parece ter sua vida e carreira sob controle, até que ela começa a desconfiar de que seu marido Simon (Bertie Carvel) a está traindo. Determinada a descobrir a verdade, ela inicia uma investigação por conta própria que afetará totalmente sua vida, sua família e seu trabalho.

Porque vale a pena conferir: podemos facilmente incorrer num julgamento superficial de que se trata apenas de mais uma série sobre traição com todas as obviedades do gênero. Apesar da premissa batida, o tema simples trazido pela série ganha aqui uma roupagem envolvente e voltada muito mais para um viés psicológico do que melodramático. E essa é grande sacada dessa série. Temos na protagonista a força maior de atuação e roteiro: Suranne Jones. A atriz britânica é fantástica, sua personagem transita entre a negligência, culpa, fragilidade, solidão, e em todas as facetas a atriz entrega uma atuação à altura. A composição que ela faz de sua protagonista é rica em detalhes e é nela que reside o diferencial da série. Não é à toa que a Suranne Jones levou o Bafta de melhor atriz por série de drama em 2016 por seu papel em Doctor Foster.

Elenco: Suranne Jones, Jodie Comer, Bertie Carvel, Tom Taylor, Adam James, Thusitha Jayasundera e Clare-Hope Ashitey.

Direção: Jeremy Lovering, Tom Vaughan e Bruce Goodison

Roteiro: Mike Bartlett

Assista ao trailer:





La Trêve

Série belga produzida pela Rádio-Televisão da Comunidade Francesa - RTBF, uma organização pública de radiodifusão que presta serviços de rádio e televisão à Comunidade Francófona da Bélgica e que opera cinco canais de televisão, entre eles o La Une, responsável pela produção da série. La Trêve começou a ser produzida em 2016 e conta com duas temporadas fechadas disponíveis na Netflix. A história começa quando o corpo do jovem jogador de futebol Driss Assani é encontrado no rio Semois, próximo à pequena cidade de Heiderfeld, Bélgica. A investigação da morte é liderada por Yoann Peeters, um policial que acabara de se mudar de Bruxelas para a cidade com a sua filha em busca de tranqüilidade. Acompanhado por Sebastian Drummer, um jovem policial idealista, Peeters será confrontado com um verdadeiro enigma, ao mesmo tempo em que tenta lidar com questões do passado. As investigações começam e é partir daí que a história vai ganhando suas camadas de complexidade. A princípio a polícia trabalha com a ideia de suicídio, mas Peeters suspeita de assassinato.

Porque vale a pena conferir: temos aqui uma série que cabe no bolso do protagonista que tem, o Yoann Blanc. O ator belga é um grande achado, sua interpretação é segura, e seu protagonista é um dos personagens mais bem elaborados que vi nos últimos tempos. O ator consegue imprimir uma aura misteriosa, instável, densa ao personagem, carregada de entrelinhas, uma personalidade na qual você só vai ganhando a permissão para lê-la aos poucos. Drama, suspense, reviravoltas, La Trêve tem todos os ingredientes de um ótimo thriller policial, sustentado pelo seu protagonista.

Elenco: Yoann Blanc, Sophie Breyer, Sophie Maréchal, Jasmina Douieb, Guillaume Kerbusch, Anne Coesens, Tom Audenaert, Jérémy Zagba, Jean-Henri Compère, Catherine Salée, Valérie Bauchau, Karim Barras, Vincent Grass, Jean-Benoît Ugeux, Anne-Cécile Vandalem.

Roteiro: Stéphane Bergmans, Benjamin d'Aoust e Matthieu Donck
Direção: Matthieu Donck

Assista ao trailer:

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,313,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Ensaios e Artigos,8,Entrevista,2,Extras,9,Listão,26,Matéria Especial,26,Notícias,39,Podcast,1,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,19,Resenhas,69,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,1,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Três séries europeias para assistir durante a quarentena
Três séries europeias para assistir durante a quarentena
https://1.bp.blogspot.com/-tk5HXYsGhw0/XtSK4dgeWWI/AAAAAAAAAQk/TYjgzH_WlTEtO1wrHCxeW9NhinWQT2u4QCLcBGAsYHQ/s400/Babylon%2BBerlin___.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-tk5HXYsGhw0/XtSK4dgeWWI/AAAAAAAAAQk/TYjgzH_WlTEtO1wrHCxeW9NhinWQT2u4QCLcBGAsYHQ/s72-c/Babylon%2BBerlin___.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2020/05/tres-series-europeias-para-assistir.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2020/05/tres-series-europeias-para-assistir.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código