Em 'Para Sama', cineasta faz relato pessoal sobre a rebelião síria


Constantemente bombardeada durante a rebelião síria, Aleppo é uma cidade fantasma. Ruas vazias, construções implodidas ou quase destruídas e pessoas feridas em busca de socorro são constantes nesse cenário. Em meio a esse caos, a jornalista e cineasta síria Waad Al-Kateab registra o trabalho do seu marido, um médico responsável por uma equipe que socorre vítimas da violência. Waad também usa sua câmera para refletir sobre a criação da sua filha Sama enquanto sonha com uma Síria livre. 

O documentário Para Sama, um dos títulos indicados na última edição do Oscar,  consegue dimensionar todo o horror dessa situação a partir de uma aproximação íntima com os sujeitos que são vítimas dela. Um recurso extremamente simples, mas totalmente eficaz que Waad põe em prática através de imagens que registram situações cortantes como a tentativa de reanimar um recém-nascido cuja mãe acabara de ser atingida, o desespero de duas crianças ao receber a notícia dos médicos de que seu irmão acabara de falecer ou, de maneira ainda mais pessoal, as angústias da cineasta como mãe de uma bebê que testemunha toda essa sociedade em ruína. 


Como registro, Para Sama é um filme bastante eficaz. O longa tem a força emotiva de um testemunho histórico que evita qualquer sensacionalismo. As imagens do documentário chocam pela maneira seca com a qual exibe a angústia cotidiana que toma conta dos cidadãos de Aleppo que chegam ao hospital do esposo de Waad. Há momentos, como os já citados, de completa suspensão do fôlego do espectador. 

Como narrativa, Para Sama exibe um leve anticlímax em minutos finais que, deveriam, mas não conseguem superar a força das imagens que os precederam. Ainda assim, na maior parte do tempo Waad consegue delinear de maneira fluida seu diário de sobrevivência na Síria contemporânea fazendo do seu filme um testemunho atemporal de como os atos de uns poucos homens no poder são capazes de trazer como resultado cenas que exibem a crueldade na sua forma mais bruta. 


For Sama, 2019. Dir.: Waad Al-Kateab e Edward Watts. Documentário. Disponível na Globoplay, 104 min. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,313,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Ensaios e Artigos,8,Entrevista,2,Extras,9,Listão,26,Matéria Especial,26,Notícias,39,Podcast,2,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,22,Resenhas,75,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,2,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Em 'Para Sama', cineasta faz relato pessoal sobre a rebelião síria
Em 'Para Sama', cineasta faz relato pessoal sobre a rebelião síria
https://1.bp.blogspot.com/-Q64CiVO6Gro/XriYFJT7ShI/AAAAAAAAdvM/pmn-COmfiE82nsLUzVsyH9IM6vTpb05IACLcBGAsYHQ/s400/Para%2BSama.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-Q64CiVO6Gro/XriYFJT7ShI/AAAAAAAAdvM/pmn-COmfiE82nsLUzVsyH9IM6vTpb05IACLcBGAsYHQ/s72-c/Para%2BSama.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2020/05/para-sama.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2020/05/para-sama.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código