A vida tendo Sintra como cenário em 'Frankie', de Ira Sachs


Durante uma viagem por Sintra com três gerações da sua família, a atriz Françoise Crémont, chamada de Frankie pelos mais chegados, passa a olhar para sua vida e avaliar o impacto de uma notícia naquele núcleo de relações. O diretor e roteirista americano Ira Sachs (de Deixe a Luz Acesa e O Amor é Estranho) retorna em Frankie, um mosaico de personagens tomado por diálogos triviais extremamente reveladores e por um olhar nada denotativo para a jornada turística empreendida por Frankie e seus familiares. 

Por uma leitura mais literal, Frankie é um drama de relações cotidianas envolvendo os encontros e desencontrons dos personagens escritos por Sachs e pelo seu parceiro de roteiro Mauricio Zacharias. Na tela, o que vemos é a representação de uma certa classe média alta envolvida por seus dilemas existenciais enquanto conhece toda a mítica em torno da cidade histórica portuguesa apresentada por um guia local. No entanto, logo, o drama de Ira Sachs demonstra ter outras camadas que estão escondidas por trás daquilo que se vê na tela. 


De uma maneira geral, o cineasta faz um interessante olhar de uma protagonista que está no leito de morte para seus entes queridos, imaginando o impacto que sua ausência trará a todos. O cineasta é um pouco redundante em sua jornada existencial, mas, de uma maneira geral, ela rende ótimos momentos a seu excelente elenco e imagens deslumbrantes de Portugal que valorizam toda a aura em torno do local e a entrelaçam com a jornada da protagonista interpretada por Huppert. 

Como de praxe, Isabelle Huppert está fabulosa na precisão com que costura alguns dos mais singelos detalhes da sua personagem e é acompanhada por atores como Marisa Tomei e Brendan Gleeson, singulares em cena. Não espere de Frankie grandes plots reveladores ou um roteiro excessivamente preocupado com sua trama, o que vale aqui é a mais bruta contemplação, dos personagens do filme a cada viela de Sintra e também a cada angústia, medo e fragilidade de suas almas. 



Frankie, 2019. Dir.: Ira Sachs. Roteiro: Ira Sachs e Mauricio Zacharias. Elenco: Isabelle Huppert, Marisa Tomei, Brendan Gleeson, Jérémie Renier, Pascal Gregory, Vinette Robinson, Greg Kinnear, Ariyon Bakare, Carloto Cotta, Sennia Nanua. Paris Filmes, 100 min. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,313,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Ensaios e Artigos,9,Entrevista,2,Extras,9,Listão,26,Matéria Especial,26,Notícias,39,Podcast,3,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,25,Resenhas,81,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,8,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: A vida tendo Sintra como cenário em 'Frankie', de Ira Sachs
A vida tendo Sintra como cenário em 'Frankie', de Ira Sachs
https://1.bp.blogspot.com/-ghFur3GEx30/XkrsFu1SD0I/AAAAAAAAdjQ/-Nb9na6QjYAPM1MUmzF0o_7trKiPQxAkQCLcBGAsYHQ/s400/frankie.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-ghFur3GEx30/XkrsFu1SD0I/AAAAAAAAdjQ/-Nb9na6QjYAPM1MUmzF0o_7trKiPQxAkQCLcBGAsYHQ/s72-c/frankie.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2020/02/a-vida-tendo-sintra-como-cenario-em.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2020/02/a-vida-tendo-sintra-como-cenario-em.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código