Sam Mendes faz de '1917' um intenso exercício de direção


A partir de relatos do seu avô sobre a Primeira Guerra Mundial, o diretor Sam Mendes (vencedor do Oscar por Beleza Americana e realizador de 007: Operação Skyfall) dramatiza em 1917 a história de um jovem mensageiro que recebe junto com seu amigo uma missão. Eles devem atravessar todo o território inimigo para entregar uma mensagem a um grupo de colegas do batalhão. 

O longa de Mendes é simples e objetivo enquanto obra, nada plot driven como categorizam os americanos, ou seja, uma obra que tem uma narrativa elaborada e que é a força-motriz do projeto. O que o diretor quer proporcionar para o espectador aqui é uma experiência no próprio cenário do seu filme.    


1917  é, acima de tudo, um projeto para o próprio realizador exibir toda a maestria da sua direção cinematográfica, que conta com o suporte da magnífica fotografia de Roger Deakins, que, entre tantos momentos inspirados, concebe uma plasticamente irretocável sequência em ruinas. Mendes 
oferece ao espectador uma completa imersão na experiência de horror da guerra. 

Simulando um plano-sequência, o diretor acompanha a trajetória dos seus jovens soldados em tempo real pelos passos da jovem revelação George McKay, recriando o cenário do conflito em toda a sua mise-en-scène com eventos que testam ininterruptamente os nervos. Ao mesmo tempo, o diretor não parece um tecnicista bitolado no seu próprio êxito cinematográfico e se aproxima dos seus personagens e humaniza as situações quando dedica tempo de projeção para seus protagonistas  expressarem emocionalmente a assimilação de tudo o que vivem, algo que faltou a Dunkirk de Christopher Nolan, por exemplo. 

Em 1917, o espectador consegue dimensionar o impacto da morte que não "prepara terreno" e toma de assalto seus protagonistas, o contato direto com o primitivo instinto de aniquilação da vida e até mesmo o apego (e alívio) às singelas manifestações do belo (a natureza, a música) e de afeto (a demonstração de carinho espontânea de uma criança).  É o tipo de filme que nos faz perceber como a guerra jamais deve ser tratada como piada, mas sim como a pior das alternativas para a solução de qualquer conflito.


1917, 2019. Dir.: Sam Mendes. Roteiro: Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns. Elenco: George McKay, Dean-Charles Chapman, Richard Madden, Colin Firth, Benedict Cumberbatch, Daniel Mays, Pip Carter, Andy Apollo, Paul Tinto. Universal, 119 min. 

Assista ao trailer:



COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,313,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Ensaios e Artigos,8,Entrevista,2,Extras,9,Listão,26,Matéria Especial,26,Notícias,39,Podcast,2,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,20,Resenhas,71,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vídeo,1,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Sam Mendes faz de '1917' um intenso exercício de direção
Sam Mendes faz de '1917' um intenso exercício de direção
https://1.bp.blogspot.com/-dmVnTzTWNlw/XhPw2VCF6bI/AAAAAAAAdb0/ZN_zk6m_MaUj7ocWIkBX7TIyUnzo4n8vQCLcBGAsYHQ/s400/1917.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-dmVnTzTWNlw/XhPw2VCF6bI/AAAAAAAAdb0/ZN_zk6m_MaUj7ocWIkBX7TIyUnzo4n8vQCLcBGAsYHQ/s72-c/1917.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2020/01/sam-mendes-faz-de-1917-um-intenso.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2020/01/sam-mendes-faz-de-1917-um-intenso.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código