Na Netflix, caso 'Panama papers' é abordado em 'A Lavanderia'


Explorando as reverberações do escândalo Panama papers que dominou os noticiários internacionais, Steven Soderbergh chega na Netflix com A Lavanderia, um filme que pretende ser uma crítica corrosiva sobre fraudes  do sistema capitalista. Com o cinismo de praxe do intelectual contemporâneo sobre o american dream, o diretor se apoia mais uma vez em um roteiro de Scott Z. Burns, com quem trabalhou em Contágio e Terapia de Risco, para criticar um sistema social. 

Diferente dos títulos citados, aqui, a mescla de pesquisa (exposição de eventos do noticiário), paranoia social e crítica acaba não rendendo uma trama que entretém tanto quanto os exemplares anteriores, que demonstravam, ao mesmo tempo, urgência temática e despojamento na condução da narrativa de maneira exemplar. A elegância e sofisticação de raciocínio e exposição de fatos do cinema de Soderbergh, no caso, soa como pedantismo em A Lavanderia, frisando, como em outros casos, um cineasta que pensa sempre estar à frente do intelecto do seu próprio espectador. 

Em A Lavanderia, Soderbergh estabelece um contraponto que, a princípio parece lhe servir bem na construção de uma empatia para sua história, opor a perspectiva dos opressores poderosos do capitalismo à de gente comum, aqui representada por uma simples viúva interpretada por Meryl Streep. Enquanto acompanhamos a saga desta mulher em busca de alguma reparação pela morte do seu marido, Burns coloca os personagens engravatados de Antonio Banderas e Gary Oldman como os narradores dessa história, atores que, por sinal, funcionam melhor como condutores da trama, rendendo os melhores momentos do filme, do que como figuras integrantes do plot

Nesse sentido, em A Lavanderia, Soderbergh propõe, como de praxe, um filme com escolhas pontualmente inventivas de narração, com falas inteligentes e bem humoradas escritas por Burns, quebrando quarta paredes e misturando a dramatização dos eventos com a consciência da artificialidade da ficção em curso. Pontualmente, os atores do filme parecem sair das personagens, forjando personalidades e até mesmo cedendo espaço para uma representação de si nas telas, como ocorre na brilhante cena protagonizada por Streep no terceiro ato.  


De maneira geral, A Lavanderia é um filme disperso, com subtramas protagonizadas por Mattias Schoenaerts e Nonso Anozie que surgem e ganham um protagonismo impertinente diante do interesse inicialmente proposto para as personagens de Streep, Banderas e Oldman. Mesmo que essas tramas intermitentes exemplifiquem ou dimensionem a problemática num contexto global levantada, no fundo, emperram a fluidez do longa, que estaria melhor servido e focado se concentrasse seus esforços no plot central, sobretudo por não parecer se enquadrar de maneira orgânica no formato mosaico de personagens como outros filmes do diretor (Traffic e Contágio, bem mais exitosos nessa dispersão proposital de tramas). 

A Lavanderia serve para comprovar como a narrativa "elegantona" de Soderbergh acaba servindo melhor à obra quando encontra o contraste com tramas menos pretensiosas como Onze Homens e um Segredo, Magic Mike, A Toda Prova e o recente Logan Lucky: Roubo em Família ou estabelecem um tratamento mais centrado de simbiose entre entretenimento e crítica social, como nos casos de Contágio e Terapia de Risco. Quando se dedica a projetos mais graves como este, com ares de sofisticação intelectual, Soderbergh tende a fazer um filme disperso na auto admiração do seu realizador com suas sacadas narrativas. É o tipo de armadilha que Soderbergh deveria evitar. 


The Laundromat, 2019. Dir.: Steven Soderbergh. Roteiro: Scott Z. Burns. Elenco: Gary Oldman, Antonio Banderas, Meryl Streep, Sharon Stone, James Cromwell, Jeff Michalski, Jane Morris, Melissa Rauch, Brock Brenner, Juliet Donnenfeld. Disponível na Netflix, 95 min. 

Assista ao trailer:

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,314,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,22,Matéria Especial,26,Notícias,39,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,15,TV & Streaming,81,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Na Netflix, caso 'Panama papers' é abordado em 'A Lavanderia'
Na Netflix, caso 'Panama papers' é abordado em 'A Lavanderia'
https://1.bp.blogspot.com/-8zGUWzgc1qQ/XZwPy0h8xmI/AAAAAAAAc9s/l-ofJHakNbolgjnAo2FZbLwHTK_TJdCqgCLcBGAsYHQ/s400/A%2BLavanderia.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-8zGUWzgc1qQ/XZwPy0h8xmI/AAAAAAAAc9s/l-ofJHakNbolgjnAo2FZbLwHTK_TJdCqgCLcBGAsYHQ/s72-c/A%2BLavanderia.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2019/10/a-lavanderia.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2019/10/a-lavanderia.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código