Em meio às controvérsias do seu protagonista, 'Simonal' exibe narrativa fraca


Junto às comédias, as cinebiografias representam algumas das obras brasileiras mais populares nas bilheterias nos últimos anos, rendendo, na maioria, derivados seriados na Rede Globo. Simonal é o mais recente título do filão e traz o ator Fabrício Boliveira como o músico Wilson Simonal um dos maiores artistas da música popular brasileira. 

O longa é dirigido por Leonardo Domingues, que estreia na função após ter feito carreira como montador em filmes como Serra Pelada e Onde a Coruja Dorme. A cinebiografia toca em aspectos extremamente controversos da história de Simonal, como sua personalidade difícil, sua aversão à monogamia e, sobretudo, sua relação com a ditadura diante de acusações de que o artista era um delator de colegas no período, algo que custou caro a Simonal até a sua morte.   


Como a maioria dos títulos nacionais desse filão com o selo Globo Filmes, Simonal obedece a cronologia linear desse tipo de narrativa, construindo a ascensão e queda do seu biografado. Entretanto, a produção encontra muita dificuldade em seu início para construir a carreira do músico, não conseguindo dimensionar sua singularidade no meio artístico nacional e apelando para alguns chavões presentes em diálogos que sempre parecem artificiais. 

O longa é marcado por alguns desempenhos ruins do seu elenco. Entre eles, Leandro Hassum, excessivo como Carlos Imperial, e Isis Valverde, que interpreta Tereza, a esposa de Simonal, no piloto automático. O longa peca ao abordar de maneira tímida o racismo na trejetória de Simonal, que, certamente, deveria incomodar bastante uma sociedade brasileira ainda mais preconceituosa que a atual. Há uma menção numa cena em que Simonal é entrevistado por um jornalista e a vinculação disso às dificuldades do artista ao longo de sua carreira fica subentendido. De excepcional mesmo em Simonal somente a atuação de Boliveira, o único elemento do projeto que consegue dimensionar a grandeza do músico para o espectador. 


Simonal, 2019. Dir.: Leonardo Domingues. Roteiro: Leonardo Domingues e Victor Atherino. Elenco: Fabrício Boliveira, Isis Valverde, Leandro Hassum, Mariana Lima, Caco Ciocler, Silvio Guindane, Bruce Gomlevsky, João Velho. Downtown Filmes, 105 min. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,313,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Ensaios e Artigos,1,Entrevista,2,Extras,9,Listão,22,Matéria Especial,26,Notícias,39,Prévia,77,Radar Crítico,20,Recomendações,2,Resenhas,8,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Em meio às controvérsias do seu protagonista, 'Simonal' exibe narrativa fraca
Em meio às controvérsias do seu protagonista, 'Simonal' exibe narrativa fraca
https://1.bp.blogspot.com/-iD0xTE1XFtI/XT7d_pbqU1I/AAAAAAAAcw4/1PxUBOJvRTgD44BfHuMyLVnxmfFNzb_IACLcBGAs/s400/Simonal_.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-iD0xTE1XFtI/XT7d_pbqU1I/AAAAAAAAcw4/1PxUBOJvRTgD44BfHuMyLVnxmfFNzb_IACLcBGAs/s72-c/Simonal_.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2019/08/em-meio-as-controversias-do-seu.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2019/08/em-meio-as-controversias-do-seu.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código