A busca pelo homem atrás da máscara em 'Homem-Aranha: Longe de Casa'


por Klaus Hastenreiter

Após três encarnações no cinema, sete filmes (incluindo a animação vencedora do Oscar de 2019 da categoria), além de três participações em filmes dos Vingadores e quase uma dezena de séries de TV, se torna difícil fugir da inevitável repetição ao transpor o personagem de Peter Parker para a linguagem audiovisual. A solução encontrada em Homem-Aranha: Longe de Casa para fugir do marasmo é partir para uma mudança de cenário ao tirar o herói de suas missões novaiorquinas, embarcando seu uniforme vermelho e azul em novos desafios por diversas cidades da Europa.

Veneza, Praga, Londres, a lógica narrativa ecoa a clássica estrutura consagrada pela franquia 007, revelando cada pedaço de seu quebra-cabeça em um cenário diferente. O tom de espionagem se mistura com uma série de conflitos de identidade típicos da adolescência e do herói mascarado, se revelando como a grande temática do longa. Se em Homem Aranha 2 (2004), de Sam Raimi, Peter resolve abandonar seu uniforme para viver como civil e ter uma vida normal, em Longe de Casa vemos o adolescente abrindo mão de sua juventude cada vez mais para assumir as responsabilidades inerentes aos seus grandes poderes.

O peso da perda de seu mentor, Tony Stark, acentua a urgência de suas responsabilidades, lançando agora o desafio de substituir o Homem de Ferro como uma das referências de segurança para humanidade. As características de Peter e de Tony acabam então por se misturar de forma simbiótica no garoto, que insiste no erro de buscar em referências externas algo perdido dentro de si, a falta de uma personalidade para chamar de sua. E é interessante como esse dado é revelador também fora da diegese do universo, já que uma das críticas ao Homem-Aranha de Tom Holland é a falta de uma personalidade marcante, possivelmente desbotada na pasteurização do personagem em seu processo de inserção no universo compartilhado da Marvel.

E é de fato bonito ver que o abuso de elementos da mitologia Marvel vai dando lugar a um espírito bem íntimo e pessoal. O diretor Jon Watts parece ter entendido sua posição de realizador ao conseguir dar desenvolvimento ao estilo de comédia adolescente já desenhado em Homem-Aranha: De Volta ao Lar e acrescentar personalidade às sequências de ação. Se no capítulo anterior, a ação parecia ter sido filmada no piloto automático, aqui vemos um amadurecimento espetacular no registro de suas lutas através de planos que passeiam por destroços, se desviam de objetos, brincam com os poderes do personagem de maneira livre e criativa, inclusive acrescentando urgência e elementos oníricos ao longa.

Essa é a grande sacada dessa nova franquia, a utilização de elementos muito próximos e palpáveis do nosso dia-a-dia para recontar tramas vividas nos quadrinhos por personagens que atravessam gerações. A relação de Peter com MJ tem a pureza típica da idade de seus personagens, e ao invés de voltar à estratégia melodramática vista na trilogia original, é o tom agridoce que toma conta da tela através de olhares inseguros e inquietos que desmentem as piadas trocadas pelo futuro casal. A relação de grupo formada pela turma de Peter em sua excursão segue a inspiração dos divertidos filmes de John Hughes, com elementos cômicos que lidam com a repetição e o excesso, com destaque mais do que merecido a relação de Ned e Betty, melosos em sua recém iniciada relação, levam ao limite as trocas de elogios e olhares apaixonados como os arquetípicos “Enamorados” da commedia dell’arte.
A escolha de trazer o personagem Mysterio ao filme, o ilusionista Quentin Beck vivido por Jake Gyllenhaall, possibilitou uma narrativa menos rígida, abrindo um potencial fantasioso em sequências que tiram Peter completamente do realismo. E esse senso de realidade conversa diretamente com a percepção de identidade do personagem, levando sua crise ao limite dos seus próprios medos. Outro elemento temático do filme é o potencial desastroso que um ponto de vista errôneo pode causar em uma sociedade. Uma crítica direta a governos como o de Donald Trump nos Estados Unidos, que se beneficiam de cortinas de fumaça, de ilusões e da descredibilização da notícia.
E como uma comédia aventuresca que se propõe ser, Homem-Aranha: Longe de Casa cumpre de forma honesta sua proposta. Seu excesso de conveniências e o exagero de referências do universo compartilhado Marvel podem tirar do filme a oportunidade de se sobressair em alguns momentos, mas nada que comprometa a qualidade geral do longa. Com interpretações interessantes por parte de atores já bastante conscientes de seus personagens e reviravoltas que podem apontar novos rumos a já desgastada história de Peter Parker, o filme extrapola seu tom inicialmente episódico para se tornar um destaque na aranha-filmografia, com pequenos e pontuais riscos assumidos que estão cada vez mais escassos no subgênero super-heróico.

Spiderman: Far from Home, 2019. Dir.: Jon Watts. Roteiro: Chris McKenna e Erik Sommers. Elenco: Tom Holland, Jake Gyllenhaal, Samuel L. Jackson, Zendaya, Marisa Tomei, Jon Favreau, Jacob Batalon, Tony Revolori, Angourie Rice, Remy Hii, Martin Starr, J.B. Smoove. Sony, 129 min.

Assista ao trailer:

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,311,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,22,Matéria Especial,26,Notícias,39,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,15,TV & Streaming,80,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: A busca pelo homem atrás da máscara em 'Homem-Aranha: Longe de Casa'
A busca pelo homem atrás da máscara em 'Homem-Aranha: Longe de Casa'
https://1.bp.blogspot.com/-Ek4b4adyLDw/XRrHkmpj7TI/AAAAAAAAco4/X5etW5iRRQMz2mVyrc_xcbgxWBZVT8ykwCLcBGAs/s400/Spider-Man-2019-Far-From-Home-Poster-Wallpaper.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-Ek4b4adyLDw/XRrHkmpj7TI/AAAAAAAAco4/X5etW5iRRQMz2mVyrc_xcbgxWBZVT8ykwCLcBGAs/s72-c/Spider-Man-2019-Far-From-Home-Poster-Wallpaper.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2019/07/homem-aranha-longe-de-casa.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2019/07/homem-aranha-longe-de-casa.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código