A prova dos nove de 'Shazam!' na era de heróis do cinema


por Klaus Hastenreiter

Existe hoje no cinema um debate sobre o tom correto para se empregar em um filme que adapta histórias em quadrinhos e as tramas de seus super-heróis. Alguns críticos e espectadores preferem um realismo sóbrio, denso, que foge do colorido escapistas das páginas quadrinescas, enquanto outros entendem que a galhofa, a fantasia, aquilo que não é palpável, faz parte essencial do processo. O fato é que não existe resposta correta e o mais apropriado seria respeitar a máxima de que “cada filme é um filme” e que ambas as estratégias podem funcionar no momento adequado.

Shazam! é um exemplo interessante de filme que acerta no tom, mesmo que sua narrativa sofra de uma pequena crise por “excesso de boa vontade”. O bom humor e o carisma de Billy Batson, o garoto adolescente merecedor dos poderes de Shazam, auxiliam o filme em sua escolha por um caminho leve e cartunesco, criando harmonia no conjunto narrativo proposto. Não são apresentadas grandes pretensões ou uma complexidade mitológica de difícil digestão, o filme inclusive se permite a utilizar da já irritante estratégia de inserir hologramas que ilustram as histórias demasiadamente expositivas contadas por algum personagem para se certificar que o mais desatento dos espectadores não se confunda.



Aliás, a falta de autoconfiança do filme decepciona bastante. Mesmo com uma poderosa relação entre seus personagens, desde o drama de Billy em busca de sua mãe (que conquista a proeza de não ser exageradamente piegas), até a gradual e cativante inserção do garoto em uma nova família, o roteiro insiste em abusar de referências e piadas inoportunas para não perder a atenção da platéia. Se manifesta então uma crise de identidade, onde o salpicar aleatório de comentários engraçadinhos mais parece uma necessidade desesperada de agradar o público do que elementos imprescindíveis de sua narrativa, o que se agrava ao somar às caras, bocas e dancinhas de Zachary Levi como a versão do corpo adulto de Billy ao se tornar o herói Shazam.


E é nessa interpretação de Levi que vemos a maior fragilidade do longa, já que deixamos o interessante desenvolvimento do Billy vivido por Asher Angel, carregado de complexidade na construção de um garoto forçado a ser maduro para sua idade, para dar lugar a um adulto que não parece estar conectado a essência de seu personagem. O filme parece então se tornar uma série de esquetes cômicas televisivas, paródias cada vez mais soltas, que demoram a aterrissar novamente no cerne de seu objetivo. Graças ao belíssimo elenco infanto-juvenil, o mais afiado e melhor preparado, que os defeitos do longa se atenuam, aliados sempre ao sentimento aventuresco de heroísmo improvável que permeia suas cenas e seus diálogos.


Coroado por um clímax dinâmico e instigante, Shazam! capta com excelência o espírito do modelo de filme de aventura dos anos 80, os chamados “filmes de sessão da tarde”, com uma montanha-russa de peripércias seguras e confortáveis. A trilha de Benjamin Wallfisch, remete através de cordas suaves e o cintilar de sininhos, a obra de John Williams, consciente de seus trunfos e limitações na materialização de sentimentos fraternais, angústias e vitórias. Como uma espécie de Quero ser Grande quadrinesco, no frigir dos ovos consegue atingir o seu objetivo principal de divertir o espectador, mesmo que nesse trajeto acabe por tropeçar diversas vezes em seu desespero juvenil.


Shazam!, 2019. Dir.: David F. Sandberg. Roteiro: Henry Gayden. Elenco: Zachary Levi, Asher Angel, Jack Dylan Grazer, Michelle Borth, Faithe Herman, Ian Chen, Djimin Hounsou, Mark Strong, Marta Milans, Grace Fulton, Jovan Armand. Warner, 132 min.

Assista ao trailer:





COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,2,Crítica,274,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,22,Matéria Especial,26,Notícias,38,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,13,TV & Streaming,62,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: A prova dos nove de 'Shazam!' na era de heróis do cinema
A prova dos nove de 'Shazam!' na era de heróis do cinema
https://2.bp.blogspot.com/-sbroGZY2Los/XJlbPm-NFjI/AAAAAAAAAHI/zkGASKgi6IYKaMXfv3v8ADjNFnfoabUsACLcBGAs/s400/Shazam.png
https://2.bp.blogspot.com/-sbroGZY2Los/XJlbPm-NFjI/AAAAAAAAAHI/zkGASKgi6IYKaMXfv3v8ADjNFnfoabUsACLcBGAs/s72-c/Shazam.png
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2019/04/a-prova-dos-nove-de-shazam-na-dc.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2019/04/a-prova-dos-nove-de-shazam-na-dc.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código