Com 'O Predador', Shane Black faz um filme perdido em algum lugar dos anos 80

 

Como nenhuma franquia em Hollywood é passível de extinção, o poderoso alien que surgiu nas telonas em 1987 com O Predador, filme protagonizado por Arnold Schwarzenegger, retorna aos cinemas depois do morno Predadores de 2010. O Predador tem a direção e o roteiro do cultuado Shane Black, roteirista de Máquina Mortífera. Como visto em outros trabalhos do realizador, como o recente Dois Caras Legais, o forte de Black é unir elementos da ação e da comédia num filme absolutamente descompromissado. 

O tom esperado em O Predador era esse mix de ação e comédia, sendo adicionado a ele o sci-fi e o horror. O filme não deixa de cumprir àquilo que se espera de um projeto do realizador, contudo, esta sua nova incursão nas telonas apresenta alguns descaminhos. No lugar de fazer as características mais fortes do cinema de Black brilharem e guiarem sua história, as marcas do realizador afundam o projeto em cacoetes ruins da safra de longas do gênero dos anos 1980. No final das contas, O Predador parece um "filme B" mofado que não sobreviveu ao século XXI, quando, na verdade, ele é cria dessa época, que demanda cada vez mais pela nostalgia na revisita a clássicos, mas também ao modus operandi dessas produções. No entanto, no lugar de revisitar esse cinema, reaproveitando o que ele tem de melhor e fazendo uma releitura dele, O Predador se apropria dos seus piores momentos e realiza uma história que não consegue extrapolar àquilo que está na sua própria premissa, simplificando sua trama com uma série de piadas adolescentes que logo perdem o fôlego. 

No filme, um atirador é confrontado por um grupo do governo americano depois de ter contato com uma criatura alienígena altamente poderosa e inteligente. O filho do rapaz acaba ativando um dispositivo de localização que faz com que algumas dessas criaturas cheguem à Terra para aperfeiçoar sua raça. O militar, seu filho, uma pesquisadora e um grupo de soldados parecem ser os únicos com habilidades e conhecimento para salvar o planeta da ameaça alienígena denominada "Predador". 


O Predador de Shane Black veste por completo a camisa de "filme B". O longa não quer possuir amarras com o lógico ou o real e até mesmo evidencia o caráter cafajeste da sua produção com efeitos especiais primários. A maneira como Black estabelece a premissa e o desenvolvimento da sua história e a dinâmica entre seus personagens também são traços da intenção do realizador. Nada em O Predador garante ao público um sci-fi requintado na elaboração do seu roteiro ou mesmo realista e sombrio na construção de uma atmosfera de constante tensão pela presença da criatura alienígena na Terra. Black quer fazer um filme "barato" dentro de um grande estúdio. 

Assim, O Predador não é um filme trôpego pela chave de comunicação que escolhe estabelecer com o seu público. Pelo contrário, os primeiros trinta minutos do filme são promissores. O longa de Shane Black falha por perder por completo o fôlego da sua intenção de rir de si próprio, não conseguindo fazer com que esta molde sua trama de maneira satisfatória. A diversão do longa acaba assim que a criatura que dá título à produção sai do laboratório e vai ao encontro do personagem de Jacob Tremblay (o menino prodígio de O Quarto de Jack e Extraordinário).

A partir do ataque do alien ao grupo de humanos na Terra, Shane Black se perde num número sem fim de piadas que já soam repetitivas ao espectador. Ele não consegue, por exemplo, explorar as particularidades de um grupo de soldados que se junta aos protagonistas e, pior, adere a muletas antiquadas dos filmes da década de 1980, apelando para a "graça" com negros (sim, os cabelos do predador associados ao visual da atriz Whoopi Goldberg) e homossexuais (o nome de um dos personagens é Gaylord e, para ele, isso é uma vergonha). 

Como foi feito, O Predador é fruto dessa gana recente dos estúdios de emular uma fórmula de sucesso de outros produtos conferindo ao projeto um humor adolescente que não tem respiros e que acredita que um amontoado de piadas autorreferentes e autoconscientes são o suficiente para entreter o público. Adivinha? Elas não são. É preciso muito mais do que isso para garantir a credibilidade e o carisma de qualquer material por mais assumidamente descompromissado que ele seja. 


Predator, 2018. Dir.: Shane Black. Roteiro: Shane Black e Fred Dekker. Elenco: Boyd Holbrook, Jacob Tremblay, Olivia Munn, Sterling K. Brown, Trevante Rhodes, Alfie Allen, Augusto Aguilera, Yvonne Strahovski, Keegan-Michael Key, Jake Busey. Fox, 107 min. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,177,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,18,Matéria Especial,20,Notícias,31,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,9,TV & Streaming,44,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Com 'O Predador', Shane Black faz um filme perdido em algum lugar dos anos 80
Com 'O Predador', Shane Black faz um filme perdido em algum lugar dos anos 80
https://3.bp.blogspot.com/-PrmhqM31LnM/W5PbxOrrA5I/AAAAAAAAay4/Ud9hqCyc858RSnU-NxPNyQuHXbvn6J13QCLcBGAs/s400/Predador.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-PrmhqM31LnM/W5PbxOrrA5I/AAAAAAAAay4/Ud9hqCyc858RSnU-NxPNyQuHXbvn6J13QCLcBGAs/s72-c/Predador.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2018/09/com-o-predador-shane-black-faz-um-filme.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2018/09/com-o-predador-shane-black-faz-um-filme.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código