William Friedkin revisita o exorcismo em 'O Diabo e o Padre Amorth'

 

Em 1973, o diretor William Friedkin entregou um filme definitivo sobre o exorcismo com O Exorcista, um fenômeno de bilheteria da sua época, indicado a 10 Oscars e vencedor de 2 estatuetas na premiação. Em 2017, o cineasta revisita o tema com o documentário O Diabo e o Padre Amorth vivenciando pela primeira vez uma sessão de exorcismo comandada por um especialista, o padre italiano Gabriele Amorth. O filme acaba de entrar para o catálogo da Netflix e há decisões eticamente questionáveis na sua execução. Contudo, méritos destacáveis, sobretudo no enfrentamento do próprio tema. No lugar de responder às questões, o documentário frisa questionamentos e valoriza a experiência do diretor com o assunto in loco

Desde o princípio, parece claro que Friedkin, antes de ter conclusões cabais sobre o assunto, deseja vivenciar um fenômeno que ele próprio, conhecido pelo tema com o seu mais cultuado filme, nunca teve a oportunidade de enfrentar. O cineasta inicia seu documentário voltando no tempo e explorando parte da sua experiência na realização do próprio O Exorcista, chegando então na história do padre italiano Gabriele Amorth, um homem que dedicou anos de sua vida à prática do exorcismo e que no ano da produção do documentário se encontra com a saúde bastante fragilizada. O filme segue então para o último trabalho de Amorth, o exorcismo de uma mulher em sua 9ª tentativa, e Friedkin filma tudo com uma câmera pequena com poucos recursos de iluminação ou equipe. O que se segue são esforços de compreensão do assunto pelo cineasta a partir de entrevistas com padres, autores que se dedicam ao assunto e cientistas para quem Friedkin exibe as cenas.  


É interessante como o realizador consegue construir ao longo do documentário uma atmosfera de horror, desde decisões quanto à ordem de exibição dos fatos até o uso da trilha sonora de Christopher Rouse que, em parte, convoca no espectador a memória do clima de O Exorcista. De cara, sabemos que existem pessoas incrédulas no assunto - e provavelmente o filme pode ser uma experiência banal para essa parcela do público -, mas, particularmente, é o tipo de tema cuja veracidade prefiro manter em suspensão como o próprio Friedkin faz no documentário. Ainda que traga para o público interpretações científicas que deem conta da possessão demoníaca como um fenômeno sociológico, uma lógica cultivada por interesses diversos (culturais, só para citar um deles), Friedkin preserva as próprias dúvidas sobre o fenômeno. Alguns críticos acharam o registro do diretor involuntariamente engraçado. Sinceramente, não consigo encontrar humor numa situação dessas. 

Há um problema no filme quanto à exposição do registro da própria mulher supostamente possuída pelo demônio e que se submete ao exorcismo do padre Amorth. Na dúvida sobre a veracidade dos acontecimentos (ou não), Friedkin não titubeia e exibe tudo enquanto esconde os fatos em outro momento onde tenta reproduzir através de uma simulação na qual lhe bastam recursos de edição, construção de cenários e reapropriação de sons. Esse talvez seja o maior problema do documentário, evidenciando uma certa falta de ética com sua personagem principal, mas também com o público. No entanto, o que se vê nele são recursos o suficiente para deixarmos ceticismos de lado e acreditar que algumas coisas se tornam ainda mais sinistras fora do terreno da ficção.  


The Devil and Father Amorth, 2017. Dir.: William Friedkin. Documentário, 68 min.

Disponível na Netflix. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,197,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,18,Matéria Especial,20,Notícias,34,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,11,TV & Streaming,45,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: William Friedkin revisita o exorcismo em 'O Diabo e o Padre Amorth'
William Friedkin revisita o exorcismo em 'O Diabo e o Padre Amorth'
https://1.bp.blogspot.com/-FtpLmu9ls3o/W1XKjH7pdxI/AAAAAAAAaQs/BINVHTdr7rghoV-G2SczLG4i3aSVr6qFQCLcBGAs/s400/O%2BDiabo%2Be%2Bo%2BPadre%2BAmorth.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-FtpLmu9ls3o/W1XKjH7pdxI/AAAAAAAAaQs/BINVHTdr7rghoV-G2SczLG4i3aSVr6qFQCLcBGAs/s72-c/O%2BDiabo%2Be%2Bo%2BPadre%2BAmorth.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2018/07/william-friedkin-revisita-o-exorcismo.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2018/07/william-friedkin-revisita-o-exorcismo.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código