Marvel transforma 'Homem-Formiga e a Vespa' num filme de ambições pequenas


Apesar de não figurar no panteão do universo Marvel como um dos melhores filmes do estúdio, Homem-Formiga de 2015 era um longa divertido que dialogava com o que se convencionou chamar no cinema de "filme de roubo" de maneira eficiente e ainda trazia um carismático elenco, a começar pelo sempre competente Paul Rudd, na pele do herói involuntário Scott Lang. A continuação Homem-Formiga e a Vespa que chega aos cinemas em 2018 serve para, entre outras coisas, introduzir nesse universo a heroína Vespa, interpretada por Evangeline Lily, personagem que já aparecia no longa anterior. Ainda assim, esse filme sempre se vendeu como uma aventura de ambições literalmente pequenas do estúdio, apartada do projeto "megalomaníaco" que culmina com Vingadores: Guerra Infinita. No entanto, nem mesmo dentro dos seus próprios termos Homem-Formiga e a Vespa consegue ser tão satisfatório assim.

O longa basicamente encerra o propósito de fechar o arco do personagem de Michael Douglas, o Dr. Hank Pym na sua busca pela esposa Janet Van Dyne após descobrir que existe um meio de resgatá-la depois do experimento vivenciado por Scott Lang no final do longa anterior. Sendo praticamente nulo na grande narrativa do universo Vingadores, Homem-Formiga e a Vespa contém apenas algumas referências aqui e ali que o situam numa linha temporal narrando o que aconteceu com os personagens depois dos eventos de Capitão América: Guerra Civil e Vingadores: Guerra Infinita. Homem-Formiga de 2015 já tinha esse carátersendo igualmente uma experiência isolada, sua continuação, portanto, existe para resolver suas pendências. Nesse quesito, não há demérito algum. Contudo, dentro do seu microuniverso, Homem-Formiga e a Vespa convive com a banalidade de ser uma aventura satisfatória, encontrando-se deslocado dentro da própria filmografia Marvel tamanha a sua simploriedade diante de filmes que tem sido cada vez mais interessados na grandiosidade dos seus eventos e representatividade. Chega a ser capricho da Marvel insistir na sua relevância. 


O filme tem uma história "redondinha", que não se compromete com erros ou furos e é sustentado no ótimo trio de protagonistas (Rudd, Lilly e Douglas). De quebra, o longa ainda tem uma "vilã" cheia de nuances como a Fantasma interpretada pela inglesa Hannah John-Kamen, algo raro na filmografia da Marvel mas que ultimamente tem encontrado uma certa constância no catálogo. Homem-Formiga e a Vespa escorrega num departamento que o primeiro executava muito bem, o humor, sobretudo a inserção do personagem de Michael Peña que, com sua forma peculiar de narrar eventos, surgia na história como um agradável alívio cômico e aqui aparece completamente inconveniente e até forçado na maneira como sua peculiaridade é utilizada na história. Do outro lado, a dita "fórmula Marvel" segue emperrando momentos de forte apelo emocional, como se o estúdio, mais uma vez, tivesse receio em abraçar uma densidade maior nas relações entre seus personagens. Numa cena particularmente incomoda, o filme estabelece o primeiro encontro entre Hank e Janet após anos por intermédio do personagem de Paul Rudd e, naquele que poderia ser um momento de alto impacto dramático, acaba se tornando um instante de bizarro alívio cômico. Coisas desse tipo já poderiam ser evitadas há anos pelas mentes criativas do estúdio. É sedutor porque garante a simpatia do filme com o público, mas joga para a plateia e como experiência enfraquece a própria obra. 

De maneira geral, Homem-Formiga e a Vespa é esquecível, morno, covarde no enfrentamento de emoções que poderiam ser bem mais complexas em se tratando, no fundo, de uma história de reencontros familiares como propõe desde o princípio. Depois de um título maduro como Pantera Negra, que compreende que entretenimento não significa "adolescentizar" roteiros e evitar emoções mais intensas, chega a ser decepcionante que o estúdio siga recorrendo a chavões como os que utiliza em Homem-Formiga e a Vespa, preferindo a zona de conforto aparentemente bem recebida por seu público a se arriscar mais, mesmo quando seu material é relativamente menos ambicioso. Maior indício da covardia do filme foi a escalação de uma atriz do calibre de Michelle Pfeiffer para ser o clímax do longa no terceiro ator e acaba subaproveitando-a com uma personagem que não tem nem 10 minutos em cena. 


Ant-man and the Wasp, 2018. Dir.: Peyton Reed. Roteiro: Chris McKenna , Erik Sommers, Paul Rudd, Andrew Barrer e Gabriel Ferrari. Elenco: Paul Rudd, Evangeline Lily, Michael Douglas, Michelle Pfeiffer, Michael Peña, Laurence Fishburne, Walton Goggins, Hannah John-Kamen, Judy Greer, Abby Ryder Fortson, Randall Park, T.I.. Disney, 118 min. 

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,14,Checklist,11,Cinco Atos,1,Crítica,190,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,18,Matéria Especial,20,Notícias,34,Prévia,77,Radar Crítico,20,Rewind,11,TV & Streaming,45,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Marvel transforma 'Homem-Formiga e a Vespa' num filme de ambições pequenas
Marvel transforma 'Homem-Formiga e a Vespa' num filme de ambições pequenas
https://4.bp.blogspot.com/-Gw5ZV1Uk0Ec/W0CI4hTCXdI/AAAAAAAAaFU/7oE8GGKMmm0nFpyoXODC-RZ9l7IN3UftQCLcBGAs/s400/HomemFormiga%2Be%2Ba%2BVespa.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-Gw5ZV1Uk0Ec/W0CI4hTCXdI/AAAAAAAAaFU/7oE8GGKMmm0nFpyoXODC-RZ9l7IN3UftQCLcBGAs/s72-c/HomemFormiga%2Be%2Ba%2BVespa.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2018/07/homem-formiga-e-a-vespa.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2018/07/homem-formiga-e-a-vespa.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código