'Três Anúncios para um Crime' diz coisas importantes, só não o faz da melhor forma


Não é difícil imaginar as razões pelas quais um filme como Três Anúncios para um Crime anda sendo tão bem recepcionado em premiações. Para além do êxito do longa em alguns departamentos na percepção de muitos e dos nomes envolvidos em sua realização, o filme estreou comercialmente e circulou em festivais num ano de denúncias dos abusos praticados por homens poderosos em Hollywood e traz uma história que aborda uma série de ranhuras sociais dos EUA, como a misoginia, o racismo e a homofobia, enfim, toda sorte de intolerância. O longa de Martin McDonagh tem coisas pertinentes a dizer sobre estas questões, sobretudo quando tem como norte do seu discurso uma defesa pela punição por vias contrárias as da justiça pelas próprias mãos. No entanto, os caminhos que o realizador escolhe para tecer suas ponderações são questionáveis, não pelo ponto de vista moral, mas pela utilização que o cineasta faz de certos estratagemas na construção de alguns personagens e seus respectivos arcos. Tudo é muito imaturo e redutor em Três Anúncios para um Crime.  

Em Três Anúncios para um Crime acompanhamos a história de Mildred Hayes, uma mulher que teve sua filha brutalmente assassinada e estuprada por homens que nunca foram encontrados ou condenados pela polícia. Como forma de pressionar as autoridades da sua cidade, Ebbing, localizada no Missouri, Mildred aluga três outdoors e expõe o descaso da polícia. Assim que toma essa atitude, Hayes passa a ser coagida das mais diversas formas. 


Como Na Mira da Máfia ou Sete Psicopatas e um Shih Tzu, Três Anúncios para um Crime é preenchido pelo humor que Martin McDonagh parece gostar de tecer suas histórias. Contudo, diferente desses filmes, o humor de Três Anúncios para um Crime não é marcado pela refinada ironia que é típica de McDonagh como roteirista. No lugar disso, o roteiro do filme opta por criar situações que beiram o humor juvenil. Não há corrosividade e a crítica social quando surge não é densa o suficiente, tudo fica na superfície. Isso é sentido sobretudo nos momentos em que Mildred peita alguns dos seus principais opositores na cidade ou na forma como Dixon, personagem de Sam Rockwell, é submisso a sua mãe.

Ainda sobre o humor, marca da assinatura do diretor, há que se pontuar que há um filtro maior na atribuição de excentricidades aos personagens do cineasta, o que faz com que o resultado desse filme, comparando com os demais da filmografia do diretor, deixe ainda mais a desejar. Três Anúncios para um Crime parece querer se comunicar com uma audiência que eventualmente encontrava nos filmes  anteriores do diretor tramas menos palatáveis ou compreensíveis. Até aqui, tudo bem, o realizador está no direito de fazer algo levemente divergente do que vinha fazendo até então. O problema é que esse McDonagh preocupado em trazer para seu filme discussões sociais sérias com personagens vivendo dramas pesados numa chave de construção que flerta mais com um realismo (ou o mais próximo que o diretor consegue se aproximar disso) soa estranho e conflituoso na maior parte do tempo pelas âncoras que ele insiste em manter e que, nesse caso, deveria ter aberto mão. Nesse sentido, pela desarmonia no tom, Três Anúncios para um Crime fica lá e cá. Não consegue ser coerente com o projeto de cinema de autor do seu cineasta, nem consegue ter a mínima relevância para quem seus filmes sempre soavam esquisitos demais. No lugar disso, tenta se ancorar na urgência de seus temas e pontos de vista. 

A urgência da história de Três Anúncios para um Crime encontra como obstáculo sua necessidade de construir estereótipos. Ainda que tenhamos uma leve ideia da multidimensionalidade da sua protagonista, McDonagh recorre à estereotipia ao trazer, por exemplo, a "Lolita" burrinha, que vem a ser a amante do marido de Mildred, ou se ampara em parte do filme no clichê do personagem com câncer, que, ainda que seja importante para fazer a trama caminhar, não deixa de soar como muleta barata. O filme é tolo em algumas construções de personagens, sobretudo quando leva com dureza a percepção de que para transformar sua protagonista numa figura representativa da força feminina é preciso neutralizar seus pontos de fragilidade, ainda que aqui e ali o longa exiba os momentos de fraqueza de Mildred.

Assim, ao ter algo de incisivo a dizer sobre suas questões sociais, Três Anuncios para um Crime revela um Martin McDonagh que não tem a menor maturidade ou vocação para fazê-lo, se utilizando de estratégias frágeis para costurar um discurso cinematográfico que aparenta corrosividade, mas que fica na superfície das suas principais questões. O ponto alto da história é, de fato, sua perspectiva sobre os eventos que mobilizam seus personagens. É louvável que o longa fuja do discurso da vingança e procure refletir sobre a justiça que desejamos aplicar na nossa sociedade. No entanto, tudo é muito brusco, sobretudo a redenção de um dos seus personagens lá pelas tantas com outro recurso dramático que evidencia, mais uma vez, a queda do filme pelo lugar comum. É inegável que Três Anúncios para um Crime discuta questões sérias e relevantes, mas também acredito ser importante o público questionar se o fez da melhor forma. 


Three Billboards outside Ebbing, Missouri, 2017. Dir.: Martin McDonagh. Roteiro: Martin McDonagh. Elenco: Frances McDormand, Sam Rockwell, Woody Harrelson, Lucas Hedges, Abbie Cornish, Peter Dinklage, John Hawkes, Caleb Landry Jones, Kerry Condon, Amanda Warren. Fox, 115 min

Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,13,Checklist,8,Cinco Atos,1,Crítica,134,DVD & Blu-Ray,6,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,9,Listão,18,Matéria Especial,14,Notícias,20,Prévia,76,Radar Crítico,20,Rewind,4,TV & Streaming,30,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: 'Três Anúncios para um Crime' diz coisas importantes, só não o faz da melhor forma
'Três Anúncios para um Crime' diz coisas importantes, só não o faz da melhor forma
https://4.bp.blogspot.com/-lERNART5s-U/Wnmo7VzhzfI/AAAAAAAAZWA/xXEpFDV2FtANmzkI-yLOvf5LZThD1p6CgCLcBGAs/s400/Tr%25C3%25AAs%2BAnuncios%2Bpara%2Bum%2BCrime.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-lERNART5s-U/Wnmo7VzhzfI/AAAAAAAAZWA/xXEpFDV2FtANmzkI-yLOvf5LZThD1p6CgCLcBGAs/s72-c/Tr%25C3%25AAs%2BAnuncios%2Bpara%2Bum%2BCrime.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2018/02/tres-anuncios-para-um-crime.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2018/02/tres-anuncios-para-um-crime.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código