Os melhores atores de 2016


#01. Jacob Tremblay  |  O Quarto de Jack

O Oscar de 2016 foi de Brie Larson, mas quem roubou a cena mesmo em O Quarto de Jack foi o garoto Jacob Tremblay. O menino interpretou o personagem-título do filme, um garoto que passou anos em cativeiro com sua mãe. Em dado momento da história, Jack conhece o mundo exterior e é nessa virada da trama que Tremblay diz a que veio, guiando o espectador pelos olhos de uma criança que, curiosa e com muito medo das coisas, está começando a explorar as inúmeras possibilidades do mundo. Em todas as cenas, Tremblay demonstra maturidade na condução de um personagem complexo e não deixou de ser um menino de 8 anos de idade, o que é muito importante para a conexão do espectador com esta obra de forte apelo emocional. 


#02. Leonardo Sbaraglia  |  O Silêncio do Céu

O argentino Leonardo Sbaraglia interpreta em O Silêncio do Céu o marido da personagem de Carolina Dieckman, um homem que presencia o estupro da esposa e age com uma certa passividade aos eventos. Longe de querer vitimizar o personagem de Sbaraglia, o filme de Marco Dutra lança uma luz sobre o machismo do personagem frente a situação, uma fragilidade diante do problema bem diferente daquela apresentada pela vítima concreta do crime em questão. Sbaraglia percorre a trajetória instável da bomba relógio que Mario se torna após os eventos, levando o espectador a um mergulho complexo e tenso nos efeitos psicológicos do crime cometido. 


#03. Christopher Abbot  |  James White

Conhecido no circuito indie americano, Christopher Abbot fez uma aparição de grande impacto em James White, longa que chegou no Brasil graças a Netflix. Interpretando um jovem que tem que lidar com a iminente morte da mãe, Abbot faz o espectador ter uma dimensão daquilo que se passa na cabeça do personagem-título: o baque de perceber a inversão dos papéis inerentes à vida, um dia teremos que lidar com a morte dos nossos pais. O jovem ator agarra com potência toda a cartela de emoções sentidas pelo seu personagem e vivencia de maneira crua a jornada de White. 


#04. Michael B. Jordan  |  Creed: Nascido para Lutar

Michael B. Jordan assume a responsabilidade de dar conta do legado de Sylvester Stallone na franquia Rocky como o filho do grande rival do personagem, Apolo Creed. Como Adonis Johnson, Michael B. Jordan percorre a clássica história de superação do boxeador, trazendo elementos novos para a sua composição, mas ainda assim mantendo o espírito do legado de Balboa. Mesmo contracenando com o ícone Stallone, Jordan constrói a jornada do seu próprio personagem e estabelece uma relação de empatia com o público que pode nem ser tão duradoura ou impactante quanto a de Rocky nos anos 70 e 80, mas traz consigo um inegável investimento emocional. 


#05. Vincent Cassel  |  Meu Rei

No longa de Maïwenn, Vincent Cassel desconstrói a ideia do homem ideal que infelizmente ainda permeia na nossa sociedade através de Georgio. Do homem carismático e apaixonante do início de Meu Rei ao mulherengo e abusivo personagem do final do filme, Cassel consegue construir uma trajetória complexa. Particularmente, o ator nunca chamou atenção, mas seu desempenho nesse longa é uma interpretação em carne viva e anda no compasso do relacionamento passional entre seu personagem e o de Emmanuelle Bercot. 

Os coadjuvantes


#01. Tom Hardy  |  O Regresso

Leonardo DiCaprio colheu os louros por O Regresso, mas um dos maiores destaques do filme - aliás, como em todas as produções que andam trazendo o seu nome estampado - é Tom Hardy. Na pele do antagonista do vencedor do Oscar de melhor ator de 2016, Hardy interpreta um homem de ética própria e completamente reprovável. Por muitas premiações da temporada, Hardy foi solenemente ignorado pelos prêmios. A esnobada não se repetiu no Oscar, ainda bem. 


#02. Harvey Scrimshaw  |  A Bruxa

A Bruxa é todo centrado na história de Thomasin, interpretada por Anya Taylor-Joy, e acaba sendo um filme sobre a jornada de uma jovem mulher, porém Harvey Scrimshaw, que vive um dos irmãos da protagonista, capta a atenção do espectador em um momento particular do seu personagem. Em uma cena de exorcismo, executada com muita firmeza e maturidade, Scrimshaw traz um pouco do filme para si. Um dos momentos mais assustadores de 2016, não tenha dúvida. 


#03. Emory Cohen  |  Brooklin

Brooklin é centrado na trajetória de amadurecimento da imigrante irlandesa Eilis, de Saoirse Ronan, e um personagem em particular é fundamental nesse processo, o italiano Tony interpretado por Emory Cohen, com quem a protagonista acaba se envolvendo amorosamente. Grande revelação do drama, Cohen soube encontrar um equilíbrio na sua composição, evitando transformar seu personagem numa caricatura com sotaque nos moldes das telenovelas globais no Brasil. Carismático ao extremo, esperamos ansiosos pelos próximos passos do rapaz. 


#04. Alden Ehrenreich  |  Ave, César!

Unanimidade no mais recente longa dos irmãos Coen, Alden Ehrenreich interpreta em Ave, César! o ingenuo astro de westerns da Era de Ouro de Hollywood Hobie Doyle. Em meio a um elenco repleto de estrelas do calibre de George Clooney, Scarlett Johansson, Tilda Swinton, Channing Tatum e Ralph Fiennes, Ehrenreich conseguiu fazer com que o público aguardasse ansiosamente cada entrada do seu personagem em distintos momentos do filme. O destaque lhe valeu a escalação para viver o jovem Han Solo no filme solo do personagem de Star Wars


#05. Michael Shannon  |  Amor por Direito

Sempre competente, Michael Shannon tem um papel fundamental no drama Amor por Direito. O amigo bronco hétero das personagens de Julianne Moore e Ellen Page, traz à tona a importância da empatia na medida em que adere a causa das protagonistas do longa. Acompanhado por duas excelentes parceiras de cena, Shannon tem alguns dos momentos chaves do filme, todos eles marcados por uma emoção comedida e travada que só um ator com sua sofisticação consegue conduzir com precisão. 

*Somente filmes vistos e lançados comercialmente no Brasil em 2016 (cinema, homevideo e streamings) 

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,6,Checklist,5,Cinco Atos,1,Crítica,76,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,3,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,24,Radar Crítico,13,Rewind,2,TV & Streaming,12,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Os melhores atores de 2016
Os melhores atores de 2016
https://3.bp.blogspot.com/-aSJoJYLSpzs/WDXbXuJ0vGI/AAAAAAAAWW8/Js58KwaBFWsdl4l4NxHnRRjXYy6tL5CSwCLcB/s400/jacob-tremblay-room-02.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-aSJoJYLSpzs/WDXbXuJ0vGI/AAAAAAAAWW8/Js58KwaBFWsdl4l4NxHnRRjXYy6tL5CSwCLcB/s72-c/jacob-tremblay-room-02.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2016/12/listao-2016-melhores-atores.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2016/12/listao-2016-melhores-atores.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código