(Crítica) Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo


Apesar de ter como fonte de inspiração personagens e eventos reais, a biografia Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo é um longa cujos protagonistas e suas motivações e dinâmicas funcionam sob uma lógica artificial. Dirigido por Afonso Poyart, que fez fama com o inventivo 2 Coelhos (crítica aqui) e esteve no circuito recentemente com seu primeiro longa internacional, Presságios de um Crime, com Anthony Hopkins e Colin Farrell (crítica aqui), Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo é uma biografia "basicona" em sua narrativa linear que narra a trajetória do lutador de MMA José Aldo, da juventude problemática em Manaus até sua chegada ao Rio de Janeiro, onde conseguiu ser descoberto por um treinador, formou uma família e encontrou enfim a paz que sua infância e adolescência ao lado do pai alcoólatra não lhe dava.

Como aconteceu até aqui na carreira de Poyart, Mais forte que o Mundo é dado a algumas "invencionices" do diretor. O realizador aposta em inesperados movimentos de câmera, certos efeitos imagéticos, uma montagem acelerada, uma trilha sonora eclética e pop que vai da composição de Ennio Morricone para Era uma vez no Oeste a interpretações de Lenine e Lorde para clássicos da música brasileira e estrangeira... Tudo isto seria muito bem-vindo ao filme, caso a história acompanhasse toda essa natureza subversiva do diretor em uma trama que incorporasse tais elementos de maneira orgânica e que fizesse todos eles estarem à serviço da evolução dos seus personagens e dos propósitos do roteiro. Isto, infelizmente, não acontece na maior parte da projeção.

Escrito pelo próprio Poyart e por Marcelo Rubens Paiva, o roteiro de Mais forte que o Mundo é repleto de lacunas que não conseguem ser preenchidas pelo espectador pois o filme não aciona pistas nem desenvolve as relações de alguns dos seus principais personagens a contento. O principal deles é o seu biografado, o José Aldo, que já não tem o auxílio da interpretação de José Loreto, pouco eficiente no papel. Se entendemos e nos comovemos com sua história com seu pai e como a raiva vinda desta relação conflituosa funcionou como combustível para sua vida e carreira, o êxito de tais propósitos vem por outras vias, a força de Jackson Antunes, intérprete do pai de Aldo no filme. Sobre o protagonista e seu intérprete, por sua vez, custamos mergulhar na sua alma, sentir empatia por ele e entender seus sentimentos e relações, sobretudo quando é colocado em destaque sua convivência com a namorada/esposa Vivi, interpretada por Cleo Pires, e seu atrito com um grande rival, marcado pelo questionável desempenho de Rômulo Neto (ao final, o personagem revela-se muito mais que isso).

Assim,  sob uma lógica estranha e superficial de motivações e relacionamentos, os personagens do filme são movidos por sentimentos que não saem do território do "instinto" quase que matemático ou da grande "chave" de entendimento do filme "a raiva é um grande combustível" ou "Aldo é um reflexo do temperamento instável do seu pai". Ir um pouco além destes chavões não faria nenhum mal a biografia, pelo contrário. Era preferível investir mais neste aspecto do que na escalação aleatória de Rafinha Bastos, Paulo Zulu, Thaila Ayala e Felipe Tito para personagens que pouco acrescentam na história e que parecem estar ali sob a mesma lógica que regiam os filmes da Xuxa ou do Renato Aragão na década de 1980 e 1990: participações especiais de celebridades como o grupo Dominó, Faustão, Vinny acreditando que isso torna a história mais "vendável" para o público. Não precisava, a vida do seu biografado fala por si só. Caso tivesse investido mais tempo e ido ainda mais a fundo na relação de Aldo com seu pai e, além disso, administrasse melhor o tema da raiva como o motor do seu personagem, inclusive quando opta por uma abordagem mais psicológica para a questão, sugerindo um aprofundamento da mesma, Mais forte que o Mundo seria um grande filme, inclusive porque Afonso Poyart tem competência técnica para isto, como já evidencia toda a sua carreira e é confirmado em momentos isolados aqui.


Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo, 2016. Dir.: Afonso Poyart. Roteiro: Afonso Poyart. Elenco: José Loreto, Cleo Pires, Rômulo Neto, Jackson Antunes, Claudia Ohana, Rafinha Bastos, Paloma Bernardi, Milhem Cortaz, Felipe Tito, Thaila Ayala, Paulo Zulu. Paris Filmes, 115 min.

Clique aqui e leia a crítica de 2 Coelhos

Clique aqui e leia a crítica de Presságios de um Crime


Assista ao trailer:


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,6,Checklist,5,Cinco Atos,1,Crítica,76,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,3,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,25,Radar Crítico,13,Rewind,3,TV & Streaming,12,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: (Crítica) Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo
(Crítica) Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo
https://2.bp.blogspot.com/-p5GplHiF0Ug/V1nz95hrgaI/AAAAAAAAVVs/eGhLeIzZgMAM5XCpwnvWWqV7b8vxmrCXACLcB/s400/Postagens%2Bdo%2Bblog%2B%2528criticas%2Be%2Bdrops%2529%2B%252810%2529.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-p5GplHiF0Ug/V1nz95hrgaI/AAAAAAAAVVs/eGhLeIzZgMAM5XCpwnvWWqV7b8vxmrCXACLcB/s72-c/Postagens%2Bdo%2Bblog%2B%2528criticas%2Be%2Bdrops%2529%2B%252810%2529.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2016/06/critica-mais-forte-que-o-mundo-historia.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2016/06/critica-mais-forte-que-o-mundo-historia.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código