O Jogo da Imitação



À sua maneira, O Jogo da Imitação ocupa na temporada de prêmios hollywoodiana a cotação dos dramas de guerra britânicos. Todo o entorno e o conteúdo do filme do norueguês Morten Tyldum exala a tradição inglesa que a Academia adora reconhecer e que já deu certo em filmes como O Discurso do Rei, não por acaso, distribuído pelo Midas do Oscar, o produtor Harvey Weinstein através da sua The Weinstein Company. No entanto, essa tradição inglesa não convive de maneira pacífica no próprio filme. O Jogo da Imitação traz em si, do início ao fim, uma tensão entre a vontade de mostrar que é mais do que um novo O Discurso do Rei e obedecer uma cartilha que dá certo entre uma média de votantes do Oscar. O resultado é um filme instável que permanece preso às convenções, ainda que deseje ser mais do que se espera dele. 

O Jogo da Imitação traz a história do matemático inglês Alan Turning (Benedict Cumberbatch), um gênio com dificuldades de socialização que passa a ser peça fundamental em uma operação de decodificação das mensagens do exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial. Turning criou uma máquina batizada de Christopher que realizou a leitura das orientações cifradas de ataque dos alemães, revolucionando a ciência da computação e reduzindo o período de duração do conflito mundial. Contudo, todo esse pioneirismo e a importância de Turning no século passado foram sufocados pela sua relação com a sua própria homossexualidade e como isso passou a ser usado contra o próprio matemático durante e após o conflito.

Trazer o trabalho de Turning à tona já confere um grande mérito a O Jogo da Imitação. Tornar o seu legado público e reconhecido, algo que a própria História não fez, torna o filme relevante de alguma forma, ou seja, é um longa que acaba tendo alguma função para a sociedade independente do resultado não ser plenamente satisfatório. Morten Tyldum conduz o seu filme em temperatura branda e até mesmo a conturbada relação de Turning com sua própria sexualidade, algo que é sugerido como uma força motriz do filme, é assumido com certa cautela. 

Talvez seja esta a característica de O Jogo da Imitação: trata-se de um filme cauteloso. Tyldum não assume determinados riscos que se impõem a sua narrativa e, entre a trama de espionagem e os conflitos psicológicos do seu protagonista, fica em um meio termo que não compromete o resultado, mas também o torna esquecível até que se assista a um próximo filme ambientado no mesmo período e com o mesmo tom. O elenco é interessante, sobretudo Benedict Cumberbatch, que sabe conduzir muito bem a trajetória do seu conturbado personagem sem maiores afetações. Há também Keira Knightley, melhorando sensivelmente como atriz, ainda que sua personagem aqui soe forçada em sua função de manter o espectador ciente dos conflitos de Turning com sua sexualidade, algo desnecessário, mas trata-se de um elemento importante para a trama e que por vezes é o único impulsionador das emoções mais profundas do protagonista. 

Sem grandes picos de emoção ou frescor cinematográfico, O Jogo da Imitação é um filme com temas controversos em uma roupagem tradicional. Tão sufocado em seus propósitos quanto a sexualidade do seu protagonista, O Jogo da Imitação é um "jogador" conhecido da temporada de prêmios, um filme que está na seleção para agradar uma média de eleitores e que pode nem ser mais repercutido pelos próximos anos. No entanto, existe uma história omitida e um propósito humano de torná-la pública que supera qualquer critério de avaliação estritamente cinematográfico e o faz ocupar um lugar no mínimo especial.


The Imitation Game, 2014. Dir.: Morten Tyldum. Roteiro: Graham Moore. Elenco: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode, Mark Strong, Rory Kinnear, Allen Leech, Matthew Beard, Charles Dance. Diamonds Filmes, 114 min.

COMENTÁRIOS

BLOGGER: 1
Loading...
Nome

Agenda,6,Checklist,5,Cinco Atos,1,Crítica,76,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,3,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,25,Radar Crítico,13,Rewind,3,TV & Streaming,12,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: O Jogo da Imitação
O Jogo da Imitação
http://1.bp.blogspot.com/-BxUn3QOhHoQ/VLP0Yg_SfKI/AAAAAAAATeo/i2dS5TB4n8s/s1600/benedict-cumberbatch-as-alan-turing-in-imitation-game.jpg
http://1.bp.blogspot.com/-BxUn3QOhHoQ/VLP0Yg_SfKI/AAAAAAAATeo/i2dS5TB4n8s/s72-c/benedict-cumberbatch-as-alan-turing-in-imitation-game.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2015/02/o-jogo-da-imitacao.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2015/02/o-jogo-da-imitacao.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código