Getúlio


Getúlio opta por um caminho consciente e coerente para conseguir dimensionar uma figura pública com a complexidade do ex-presidente do Brasil Getúlio Vargas: narra um período específico da sua vida e não toda a sua trajetória. Específico o suficiente para dar conta de um momento determinante da sua caminhada política bem como da sua personalidade e das suas relações de afeto. Por essa perspectiva, o longa de João Jardim, que tem nos créditos a co-direção do documentário Lixo Extraordinário e a ficção Amor?, merece o reconhecimento, afinal teve a percepção adequada de que é muito mais eficiente ser profundo na especificidade do que no todo. No entanto, a produção assume para si a irreversível polêmica que o tom de uma narrativa sobre um personagem, sobretudo uma figura controversa como Getúlio, que carrega legiões de defensores e opositores, pode carregar: toma ou não toma partido? Quanto a isso, Jardim o fez atabalhoadamente, ainda que não comprometesse por completo o seu resultado.

Getúlio narra os últimos dias da vida de Getúlio Vargas a partir da crise instaurada em seu governo após as acusações de que o presidente estaria envolvido na tentativa de assassinato do jornalista Carlos Lacerda que acabou levando a falecimento o major Rubens Vaz com um tiro na Rua Toneleiro, no Rio de Janeiro de 1954. O filme de João Jardim acompanha o período que compreende 05 e 24 de agosto daquele ano, sendo que o ultimo dia foi marcado pelo suicídio do presidente Vargas, um ato que, ao mesmo tempo, representou a resistência em abandonar o cargo que estava ocupando há anos e uma manobra política que surpreendeu seus “conspiradores”.

Por mais que Getúlio traga toda a atmosfera dúbia que pairava sobre o político e que o tornava um homem psicologicamente atormentado – sua tomada de poder que fazia jus a alcunha de ditador que recebera vivia lado a lado com sua popularidade com a classe trabalhadora em função de conquistas trabalhistas como o salário mínimo, a Justiça do Trabalho e a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) -, o longa peca por induzir emoções e não por deixá-las a cargo do próprio público, tornando evidente uma posição do cineasta sobre o seu “biografado”, através, por exemplo, de uma trilha sonora invasiva que se antecipa aos acontecimentos.

No geral, o resultado é um filme tecnicamente competente, mas que tem seu sustento no elo que estabelece entre o público e seus personagens. Tony Ramos consegue transformar Getúlio em um homem abatido e tenso cuja única ligação afetiva que ainda lhe resta, após tantos anos se dedicando exclusivamente ao Palácio do Catete, é com a filha Alzira, uma interpretação minunciosa e delicada de Drica Moraes. Por sinal, a dinâmica entre Ramos e Moraes é o ponto alto do longa, que ainda traz Alexandre Borges relativamente interessante como Carlos Lacerda.

Apesar de ser um filme de “gabinetes” relativamente frio, Getúlio mostra-se como uma obra bem mais envolvente que outros exemplares recentes do gênero, como Lincoln, de Steven Spielberg. O que sobra em meio a tantos fatos politicamente questionáveis são indivíduos com motivações reais e relações afetivas sólidas ou não. Esses compontentes trazem relevância a esse filme de João Jardim. Ver atores como Tony Ramos e Drica Moraes em cumplicidade transbordante na tela é recompensador de qualquer forma. Vale o registro.


COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,6,Checklist,5,Cinco Atos,1,Crítica,76,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,3,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,25,Radar Crítico,13,Rewind,3,TV & Streaming,12,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Getúlio
Getúlio
http://4.bp.blogspot.com/-MMzJkL2bJQg/U2cEfRGU3yI/AAAAAAAATFg/CZg9-Gzzd8A/s1600/getulio-o-filme.jpg
http://4.bp.blogspot.com/-MMzJkL2bJQg/U2cEfRGU3yI/AAAAAAAATFg/CZg9-Gzzd8A/s72-c/getulio-o-filme.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2014/05/getulio.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2014/05/getulio.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código