Os bastidores das trincheiras


Lincoln revigora a filmografia de Spielberg por não apresentar-se como uma esperada biografia do personagem título


Quando Spielberg acerta, acerta em cheio. Lincoln é sim o melhor trabalho do cineasta desde Minority Report, ficção-científica de 2002 protagonizada por Tom Cruise. No entanto, o filme não chega a ser melhor que os dois melhores exemplares do mesmo gênero em sua carreira, A Lista de Schindler e O Retorno do Soldado Ryan. O maior acerto do diretor em Lincoln é desviar-se da rota das biografias acadêmicas para torná-lo um longa que discuta a essência da democracia e nos mostre o porque de Abraham Lincoln ser um dos homens mais admirados e celebrados da história contemporânea.

Lincoln trata mais sobre a discussão política que girou em torno da emenda à Constituição norte-americana que garantiria o fim da escravidão e que ficou marcada como uma dos principais entraves para o fim da Guerra Civil entre Sul e Norte no país. Através desse bastidor político, as batalhas são travadas unicamente pelas ideias, o diretor Steven Spielberg e o roteirista Tony Kushner querem mostrar a origem da admiração por aquele homem alto e de voz suave que liderou o país em tempos tão frágeis.

A intenção é louvável e exitosa durante boa parte da projeção. O roteiro de Kushner é afiado e Spielberg, sempre cercado pela melhor equipe de profissionais possível, realiza opções pertinentes em sua condução. O elenco é uma das maiores virtudes do longa, sem dúvida. Daniel Day-Lewis supera-se mais uma vez dando vida a um Lincoln palpável, de voz suave, mas ideias convictas e que, pelo caminhar e pela postura, parecem não suportar o peso das responsabilidades e dos julgamentos que recaem sobre todo líder político. Além disso, Day-Lewis segue a proposta de Spielberg e torna o personagem uma figura humana admirável, cheia de virtudes, apesar (e por conta dela mesma) da passividade com os dramas de sua mulher, algo que é compensado pela devoção que tem com seu filho mais novo e o carinho distante pelo mais velho, uma responsabilidade que assumiu para si já que Mary Todd mergulhava em uma depressão profunda. A esposa de Lincoln é vivida por Sally Field, que a despeito do que falam e das indicações a prêmios percorre o caminho óbvio da loucura de sua personagem, não é a interpretação mais interessante do filme, ainda que tenha bons momentos. Entre os coadjuvantes, o destaque vai mesmo para Tommy Lee Jones, irretocável como um dos parlamentares a favor da libertação dos negros, por motivos que somente mais adiante o espectador passa a conhecer.

Tecnicamente irrepreensível, Lincoln revela suas virtudes no teor humanitário de sua narrativa. Mais preocupado em discutir questões como igualdade, democracia e liberdade, Spielberg jamais deixa que uma previsível abordagem ufanista possa atrapalhar seus objetivos: discutir a importância e dimensionar a relevância do acontecimento histórico narrado. Em Lincoln, Abraham Lincoln é apenas um instrumento pertinente para se alcançar os objetivos do projeto, ser um tratado sobre o maior desafio da humanidade, a tolerância.




Lincoln, 2012. Dir.: Steven Spielberg. Roteiro: Tony Kushner. Elenco: Daniel Day-Lewis, Sally Field, Tommy Lee Jones, David Strathairn, Joseph Gordon-Levitt, James Spader, Hal Holbrook, John Hawkes, Jackie Earle Haley, Gloria Reuben, Gulliver McGrath, Tim Blake Nelson, Joseph Cross, Lee Pace, Jared Harris, David Oyelowo. 150 min. Fox.

COMENTÁRIOS

Nome

Agenda,9,Checklist,6,Cinco Atos,1,Crítica,83,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,5,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,36,Radar Crítico,18,Rewind,3,TV & Streaming,17,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Os bastidores das trincheiras
Os bastidores das trincheiras
http://2.bp.blogspot.com/-GIOSvKIwAhU/UQAIu4bvtqI/AAAAAAAAQgA/muRY8DipAMs/s400/Lincoln.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-GIOSvKIwAhU/UQAIu4bvtqI/AAAAAAAAQgA/muRY8DipAMs/s72-c/Lincoln.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2013/01/um-homem-diplomatico.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2013/01/um-homem-diplomatico.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código