Ato final

Christopher Nolan encerra muito bem  seu ciclo na franquia Batman com Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge.


Um dos diálogos entre Bruce Wayne e Alfred em Batman Begins, primeiro filme da trilogia de Christopher Nolan, trazia o personagem de Christian Bale justificando a utilização de morcegos como símbolo de sua nova identidade, Wayne dizia que usaria esse artifício pois como símbolo seria incorruptível. A partir daquele momento nascia a lenda do Batman. Com essa ideia em mãos e com um esforço metalinguístico (a adaptação de um HQ de super-herói para o cinema falando sobre a construção de um mito heróico), Christopher Nolan reimaginou o universo do personagem da DC Comics, quebrado em sua credibilidade após Batman & Robin: uma visão crua e realista do personagem, que também trazia sua cidade, Gotham City, como um dos principais personagens de sua trama. Eis que chegamos a Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge, terceiro filme da saga, e Christopher Nolan encerra seu ciclo para o herói como poucos. O Cavaleiro das Trevas Ressurge retorna aos temas lançados em Batman Begins e oferece um desfecho digno para sua saga e, ainda que o longa seja ligeiramente inferior aos seus antecessores, especialmente Batman - O Cavaleiro das Trevas, Ressurge é coerente e comprova a habilidade de Christopher Nolan e seu irmão, Jonathan Nolan, em amarrar tramas.

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge traz a Gotham City em período de pacificação. Após oito anos dos eventos de Batman - O Cavaleiro das Trevas, a memória de Harvey Dent permanece intacta e Batman é um fugitivo da polícia, condenado pelo assassinato do promotor. Além de ser indesejado pela população, Batman não é mais necessário, a nova Lei Dent foi mais rigorosa e tirou boa parte dos criminosos das ruas de Gotham. Assim, Bruce Wayne afasta-se da sociedade e entra em profunda depressão. Nesse meio tempo, um terrorista que se auto-intitula Bane começa a minar a cidade instaurando o caos e incitando uma revolução contra os poderosos de Gotham. Com a cidade em frangalhos e a população refém dos bandidos, soltos e liderados por Bane, Wayne se vê obrigado a sair do exílio e intervir para salvar a cidade.


Um dos aspectos mais admiráveis da carreira dos Nolan é a maneira com que eles conseguem costurar uma história, fazendo com que cada elemento sirva à narrativa de alguma maneira. Assim, os alicerces de Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge estão em Batman Begins. Dessa forma voltamos a questão da importância da construção de mitos, dissociando as identidades de Bruce Wayne e Batman, ainda que, nesse estágio, a máscara do Morcego consuma Wayne de tal maneira que este assuma, desde o início da trilogia, uma queda pela esquizofrenia. Bom, não vou poder adentrar muito bem nessa passagem do mito em Ressurge porque pode estragar a surpresa (um elemento sempre fundamental nos filmes do Nolan), assim, discutiremos isso melhor em um post dedicado a spoilers do longa.

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge também fecha o ciclo de um personagem, o Bruce Wayne de Christian Bale, que, no terceiro ato, reforça a obsessão que o mesmo tem por assumir essa segunda identidade, a do Batman. Nolan sempre quis tornar a trilogia a história de um personagem, Bruce Wayne. Bale retrata Wayne em Ressurge como um homem fatigado e que mantém uma relação obsessiva com a identidade do Cavaleiro das Trevas, uma espécie de droga que precisa recorrer para esquecer os dissabores de sua vida, as perdas de seus pais e do seu grande amor, Rachel Dawes, assassinada pelo Coringa em O Cavaleiro das Trevas.

Assim, chegamos a outro legado de Begins e O Cavaleiro das Trevas, retomado de forma ainda mais comovente aqui: o relacionamento nevrálgico de toda a trilogia, Bruce e Alfred.  Alfred é quem tenta fazer com que Wayne volte para si. Como um pai zeloso, deseja que Bruce dê continuidade à sua vida e perceba que ela é feita de perdas. E aqui cabe reverenciar Michael Caine, que assumiu com tanta dignidade o Alfred durante toda a trilogia, sendo uma espécie de consciência para Wayne, mas também uma figura paterna e o mais próximo de uma relação de cumplicidade que o protagonista tenha chegado. Alfred diz alguns dos diálogos mais cruciais e cortantes desse terceiro capítulo.


Dividido em três atos, Ressurge conta com uma ótima introdução, que traz uma das melhores personagens do longa (e quem duvidaria?), Selina Kyle. Interpretada com inteligência por Anne Hathaway, a Mulher-Gato de Ressurge jamais assume a identidade felina, o nome "Mulher-Gato" sequer é pronunciado durante a projeção, e surge como uma punguista que deseja limpar seu passado criminoso prestando favores para outros criminosos. Em determinado momento da trama, a conexão dela e sua importância para o duelo entre Bane e Batman é revelada, mas o que interessa é que os Nolan trouxeram a Mulher-Gato que todos esperavam, nas palavras da própria: uma garota adaptável. Selina obedece aos seus próprios códigos de conduta, podendo agir contra ou a favor de Bruce Wayne a depender de seus interesses. Hathaway traça a personalidade de Kyle com muita segurança e consegue lidar com a volatilidade da personagem como ninguém. Além disso, é um ótimo contraponto ao Batman, de Christian Bale, que, pelo senso de responsabilidade com Gotham City, não consegue se libertar de determinadas amarras.


Já o vilão de Ressurge, Bane, serve muito bem ao terceiro ato. Nolan precisava de um personagem que fosse um verdadeiro desafio para o protagonista, desgastado fisicamente pelos eventos anteriores e por estar recluso há oito anos. O cineasta fez questão de tornar Bane um vilão ameaçador, mostrando-o sempre por ângulos que evidenciem essa sensação, de cima para baixo. Tom Hardy, intérprete do personagem, também é uma das grandes razões para o êxito do mesmo. Como o rosto do ator é coberto por uma máscara, que na trama ajuda o personagem a sobreviver, há uma ligeira limitação em suas vias de expressão. No entanto, Hardy é responsável por uma composição irretocável, sobretudo pelas entonações ameaçadores em sua voz, pela expressividade de seu olhar e  pela imponência de seu gestual e expressão corporal. Além disso, Bane é uma peça fundamental para compreender uma subtrama chave para Ressurge e que encontra eco em um episódio vivido por Bruce Wayne no segundo ato.



Além deles, o filme conta com as presenças usuais de Gary Oldman e Morgan Freeman, como Gordon e Lucius Fox, respectivamente. Ainda que, nos dois casos, os personagens exerçam suas funções de sempre, há sempre algo novo que Oldman e Freeman oferecem ao público. Além do fortalecimento de seus vínculos com Wayne, Gordon e Fox acabam sendo extensões do protagonista quando Batman entra em ação. No caso de Gordon, Nolan ainda trabalha com sua culpa na decisão de ajudar Wayne a esconder a verdade por trás da morte de Dent em O Cavaleiro das Trevas. Essa situação chega ao clímax em uma cena entre Gordon e Blake, personagem de Joseph Gordon-Levitt, uma excelente adição ao elenco, por sinal. Além dele, Marion Cotillard dá o ar da graça como Miranda Tate, e, apesar de ser fascinado pelo trabalho da atriz, não há como negar que sua composição - e não sua personagem ou a maneira com que aparece na trama -, foi um dos passos equivocados do terceiro capítulo . Uma pena. Mais detalhes no próximo post sobre o filme.



O filme também apresenta uma organicidade dos efeitos especiais -jamais percebemos estar diante de uma aplicação digital - e  prioriza locações e pessoas, o que em tempos de produção em escala industrial em CGI é sempre muito bom. Ressurge ainda traz um cuidado requintado em seus cenários e com a fotografia que, a exemplo dos filmes anteriores, criam identidade ao longa (os tons amarelados de Begins, o azul em O Cavaleiro das Trevas e aqui o branco).  Há também um esmero redobrado na caracterização dos personagens (mais uma vez adaptando o universo fantasioso dos quadrinhos para o universo real de Nolan, com Bane e com a Mulher-Gato). Mas não há nada tão irretocável quanto a junção entre a trilha sonora de Hans Zimmer e a montagem de Lee Smith. Nesse terceiro capítulo, Zimmer oferece ótimas composições inéditas, como os temas de Bane (que utiliza o "canto" dos prisioneiros da prisão subterrânea) e Selina Kyle (tão sinuoso quanto a própria personagem). A montagem de Smith executa muito bem uma das principais marcas de Christopher Nolan, a composição simultânea de várias tramas e ações. Esses dois elementos conferem um ritmo único aos longas do diretor e não são precisamente melhor executados aqui, mas são muito bem aplicados e fazem toda diferença. Trata-se de uma marca, uma assinatura, sempre muito bem-vinda de Christopher Nolan.

Agora, vamos discutir algumas decisões controversas de Christopher e Jonathan Nolan, revelando, obviamente, alguns spoilers. Portanto, se não viu o filme, aconselho que não leiam o post abaixo!

COMENTÁRIOS

BLOGGER: 1
Loading...
Nome

Agenda,11,Checklist,7,Cinco Atos,1,Crítica,97,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,5,Listão,13,Matéria Especial,5,Notícias,3,Prévia,44,Radar Crítico,18,Rewind,3,TV & Streaming,21,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Ato final
Ato final
http://1.bp.blogspot.com/-hmuoAXsomS8/UBFYntVE3_I/AAAAAAAAMYE/gZMDiq5RdMo/s400/Dark-Knight-Rises-Batman-vs_-Bane.jpg
http://1.bp.blogspot.com/-hmuoAXsomS8/UBFYntVE3_I/AAAAAAAAMYE/gZMDiq5RdMo/s72-c/Dark-Knight-Rises-Batman-vs_-Bane.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2012/07/ato-final.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2012/07/ato-final.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código