O Homem que Mudou o Jogo

Brad Pitt em O Homem que Mudou o Jogo: a eterna insatisfação com os resultados.
Ainda que o beisebol não seja o esporte mais popular no Brasil isso não é argumento para se dizer que a mensagem de O Homem que Mudou o Jogo não tenha o mesmo efeito no espectador brasileiro. O novo filme de Bennett Miller não é sobre beisebol, mas sobre dramas humanos. Basicamente, o filme fala sobre aquilo que persegue a vida de todos nós: a cobrança da vitória. Como no esporte, nossa batalha diária é simplificada em vitórias e derrotas. Assim, o percurso é esquecido e todo o legado deixado por tentativas ousadas, entre erros e acertos, acaba sendo praticamente ignorado. O Homem que Mudou o Jogo não deixa de ser um drama ambientado no universo dos esportes, não deixa de ter como mote dramático a superação de seus personagens, no entanto, Bennett Miller, mais uma vez (ele fez isso muito bem em Capote), surpreende com um material praticamente estático e fechado em invenções narrativas e extrai emoção e humanidade de um roteiro admiravelmente racional.

O longa segue a história de Billy Beane, um manager de um time de beisebol em crise com a campanha fracassada no campeonato nacional de 2001. Sem dinheiro, Beane acaba recorrendo ao estranho método de um jovem economista que lhe sugere uma escalação de jogadores que não quebre financeiramente o time. Com uma equipe de atletas longe do ideal, Beane acaba levando seu time, o Oakland A's, a conquistas inéditas no campeonato de 2002, redefinindo a maneira com que os times adminstram suas equipes e estratégias em campo. Desde o primeiro instante de O Homem que Mudou o Jogo, Bennett Miller deixa claro que o filme não é sobre o campeonato, mas sobre seus bastidores.O diretor reserva toda a ação do longa aos escritórios do Oakland A's e às reuniões de Beane com os demais administradores do time e o jovem Peter Brand, vivido por Jonah Hill. Miller reforça que os momentos decisivos do time não estão nas partidas, mas sim nas decisões internas e estratégicas de seus managers.

O roteiro do longa é de Steven Zallian e Aaron Sorkin, dois diretores conhecidos pela maneira racional com que constroem suas tramas. Zaillian escreveu Gangues de Nova York e mais recentemente Os Homens que não Amavam as Mulheres e Contágio. Já Sorkin ficou conhecido pela série The West Wing, mas consagrou-se com A Rede Social, filme de David Fincher que lhe rendeu o Oscar de melhor roteiro adaptado. Portanto, O Homem que Mudou o Jogo não poderia estar em melhores mãos. Os roteiristas conseguem conferir lógica às estratégias de Beane e sua equipe, conferindo também ritmo a toda ação do longa.

O aspecto emocional do filme fica por conta de Bennett Miller que consegue ter opções originais e cheias sensibilidade para os momentos de introspecção de Billy Beane, realçando os traços do personagem vivido por Brad Pitt. Billy Beane foi um ex-atleta do beisebol que após sucessivas frustrações passa a trabalhar nos bastidores do esporte. Pitt transforma o protagonista do longa em um homem guiado pela perseverança mas assombrado pelas cobranças pessoais com a superação de seus desafios. O filme é do ator, ainda que ele conte com presenças pontuais de Philip Seymour Hoffman e Jonah Hill, que está ótimo mas jamais faz jus a sua indicação ao Oscar.

O Homem que Mudou o Jogo trata da eterna insatisfação humana com os resultados, quando na verdade o mais importante é o que foi realizado para obtê-los, ainda que os mesmos não sejam completamente satisfatórios. Este é o princípio básico do esporte e, curiosamente, Billy Beane só aprende este, que é um princípio da vida, fora dos campos.




Moneyball, 2011. Dir.: Bennett Miller. Roteiro: Steven Zaillian e Aaron Sorkin. Elenco: Brad Pitt, Jonah Hill, Philip Seymour Hoffman, Robin Wright, Chris Pratt, Stephen Bishop, Brent Jennings, Tammy Blanchard, Jack McGee, Nick Searcy. 133 min. Sony.

COMENTÁRIOS

BLOGGER: 2
Loading...
Nome

Agenda,9,Checklist,6,Cinco Atos,1,Crítica,83,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,1,Extras,5,Listão,13,Matéria Especial,4,Prévia,37,Radar Crítico,18,Rewind,3,TV & Streaming,17,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: O Homem que Mudou o Jogo
O Homem que Mudou o Jogo
http://3.bp.blogspot.com/-Qf8oIznp6no/Tz1xysdHfxI/AAAAAAAALkE/CkfzVOalGqc/s400/moneyball.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-Qf8oIznp6no/Tz1xysdHfxI/AAAAAAAALkE/CkfzVOalGqc/s72-c/moneyball.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2012/02/o-homem-que-mudou-o-jogo.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2012/02/o-homem-que-mudou-o-jogo.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código