Guia Oscar 2012 - Os Filmes

O Artista - 10 indicações

Vitórias controversas como as de Onde os Fracos não Têm Vez e Beleza Americana são raras na história da Academia. Tradicionalmente, o Oscar costuma premiar filmes que entram no consenso popular, e isso, em hipótese alguma, pode ser considerado como um demérito para o filme escolhido ou para o grupo de votantes. O Artista encaixa-se neste consenso. Por mais que exista um grupo que não tenha se arrebatado de amores pelo filme mudo de Michel Hazanavicius, não há quem critique negativamente O Artista. O filme promete receber, na noite do dia 26, cinco estatuetas. Pelas premiações que já aconteceram e pelas vitórias que o filme colecionou desde janeiro em associações de críticos e sindicatos, os prêmios de melhor filme, direção e trilha sonora são barbadas. Jean Dujardin, vencedor na premiação do sindicato dos atores, é favorito a melhor ator, no entanto a batalha do francês contra o star power de George Clooney e Brad Pitt será árdua. Já na categoria edição, há a possibilidade de Os Descendentes ganhar. No entanto, se O Artista foir o favorito que todos estão pensando, será praticamente impossível perder em montagem.

Favorito em: Melhor filme, melhor direção (Michel Hazanavicius), melhor ator (Jean Dujardin), melhor edição e melhor trilha sonora (Lodovic Bource). Previsão: 5 Oscars
Em roteiro roteiro original, a competição fica mais difícil. O Artista é um filme mudo e concorre diretamente com Meia-Noite em Paris, de Woody Allen. No entanto se a Academia surpreender, poderá vencer aqui também. Direção de arte é outra categoria complicada para o filme, O Artista enfrenta o trabalho do veterano Dante Ferretti, mais uma vez impecável em A Invenção de Hugo Cabret. Figurino pode ser uma aposta. No entanto, como a Academia adora surpreender aqui e premiar trabalhos mais suntuosos, longas como W.E. e Jane Eyre têm mais chances que O Artista. O filme também teria chances em fotografia se o estupendo trabalho de Emmanuel Lubezcki em A Árvore da Vida perder. 

Segunda opção em: Melhor roteiro original, melhor direção de arte, melhor fotografia e melhor figurino.

Uma certeza que O Artista terá no Oscar é que o prêmio de melhor atriz coadjuvante irá para Berenice Bejo. Octavia Spencer de Histórias Cruzadas é a favorita absoluta.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor atriz coadjuvante ( Berenice Bejo)

A Invenção de Hugo Cabret - 11 indicações

A Invenção de Hugo Cabret é o recordista da edição, mas o filme sofre com a ausência de indicações nas categorias de interpretação, o que pode ser crucial na contabilidade final dos votos já que a maioria dos membros da Academia é composta por atores. O filme detém o devido destaque em função de sua inegável qualidade técnica e estética. O visual e os cenários de A Invenção de Hugo Cabret são unanimidades, difícil a Academia esnobar a direção de arte do filme, a não ser que tenha caído de amores completamente por O Artista, o único concorrente que pode rivalizar com o filme de Scorsese neste departamento. A Invenção de Hugo Cabret também é favorito nas categorias sonoras pela recente premiação no sindicato dos profissionais de som. No entanto, o longa corre o risco de perder a estatueta para concorrentes mais barulhentos como Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, Cavalo de Guerra, Os Homens que não Amavam as Mulheres e Transformers.

Favorito em: Melhor Direção de Arte, melhor edição de som e melhor mixagem de som. Previsão: 3 Oscars

Mais uma vez, A Invenção de Hugo Cabret detém o maior número de indicações, mas não é o favorito a melhor filme da noite (uma indicação para Ben Kingsley poderia ter salvo a lavoura...). No entanto, a premiação de Martin Scorsese é uma possibilidade, ainda que o sindicato dos diretores tenha premiado Michel Hazanavicius. Scorsese é um eterno injustiçado pela Academia e sua premiação por Os Infiltrados em 2006 não convenceu muita gente. Howard Shore também pode surpreender com a trilha musical de Hugo Cabret, na hipótese de dar uma zebra e Lucovic Bource perder por seu trabalho em O Artista. Hugo Cabret também pode levar em fotografia, caso A Árvore da Vida ou O Artista não forem premiados na categoria.

Segunda opção em: Melhor filme, melhor direção, melhor trilha sonora (Howard Shore) e melhor fotografia.

Há uma remota possibilidade de vitória para Hugo em roteiro adaptado. O roteiro de John Logan não é páreo para os concorrentes Os Descendentes ou O Homem que Mudou o Jogo, por exemplo. Há também concorrentes mais fortes em edição. Efeitos visuais ou especiais poderia ser uma possibilidade, mas com Planeta dos Macacos - A Origem e o símio Ceasar no páreo fica dífícil.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor roteiro adaptado, melhor edição, melhor figurino, melhores efeitos visuais ou especiais.

Os Descendentes - 5 indicações

George Clooney não tem sorte. Já é o terceiro ano que um longa do ator é apontado como franco favorito e perde fôlego durante a temporada. Foi assim com Conduta de Risco, Amor sem Escalas e está sendo este ano com Os Descendentes. O filme de Alexander Payne até venceu o Globo de Ouro, o que não é muita coisa, mas de lá para cá foi derrota atrás de derrota. A vitória na premiação do sindicato dos roteiristas talvez tenha dado um ânimo a mais para o longa continuar na disputa. O único favoritismo incontestável de Os Descendentes é na categoria roteiro adaptado, onde Alexander Payne é figurinha fácil.

Favorito em: Melhor roteiro adaptado. Previsão: 1 Oscar

Os Descendentes pode surpreender e ser uma segunda opção em melhor filme. Esta possibilidade pode se firmar se o filme vencer categorias como ator e edição, por exemplo.

Segunda opção em: Melhor filme, melhor ator (George Clooney) e melhor edição.

Dificilmente Alexander Payne será um candidato no caminho de Hazanavicius ou Scorsese.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor direção (Alexander Payne).

Meia-Noite em Paris - 4 indicações

Há anos não víamos um filme de Woody Allen. Mas um filme de Woody Allen nunca deixa de ser um filme de Woody Allen. Um gosto muito específico, adquirido. Contudo, Meia-Noite em Paris é o filme mais popular do diretor até então (se popularidade significar bilheteria). Se há favoritismo para o filme no domingo, ele está na categoria roteiro original, onde disputa com concorrentes como Margin Call, A Separação e Missão Madrinha de Casamento. Woody Allen venceu no sindicato dos roteiristas pelo roteiro original do filme, mas tem um concorrente ameaçador, O Artista.

Favorito em: Melhor roteiro original. Previsão: 1 Oscar

Não vejo o filme como segunda opção em nenhuma outra categoria. As indicações já são um alento para a comunidade de fãs do Allen.

Segunda opção em: -

Mais uma vez, Allen é um gosto muito específico e será difícil vê-lo repetir a façanha de Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, onde surgia como novidade.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor filme, melhor direção (Woody Allen) e melhor direção de arte.

Histórias Cruzadas - 4 indicações

Histórias Cruzadas é uma das escolhas mais duvidosas da Academia. Só para comprovar o que disse sobre a comunidade de atores na comissão julgadora, todas as indicações do longa, exceto melhor filme, foram para o trabalho de seu elenco. Não há dúvidas de que se há um prêmio merecido para o filme é o de melhor atriz. Viola Davis ainda enfrenta o "oba-oba" em torno de Meryl Streep nas últimas semanas, mas está disputando cabeça por cabeça a estatueta com sua colega de elenco em Dúvida, de 2008. A certeza absoluta é a premiação da terrível interpretação de Octavia Spencer, uma lástima diante do trabalho de sua colega de cena, Jessica Chastain, também indicada.

Favorito em: Melhor atriz (Viola Davis) e melhor atriz coadjuvante (Octavia Spencer). Previsão: 2 Oscars

Não seria nada decepcionante ver Jessica Chastain ser premiada no lugar de Spencer. É a alternativa no caso de alguma zebra na noite.

Segunda opção em: Melhor atriz coadjuvante (Jessica Chastain)

Ainda que tenha o elenco com o maior número de indicações, Histórias Cruzadas não foi indicado por sua direção, roteiro ou edição, categorias essenciais para um filme que almeje vencer como melhor filme.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor filme

A Árvore da Vida - 3 indicações

A Árvore da Vida é um concorrente à parte na lista. Não dá nem para compará-lo com os concorrentes (sem desmerecê-los, óbvio). O filme de Terrence Malick é a escolha de vanguarda da Academia em 2012. O filme, no entanto, é imbatível em um quesito: fotografia. O trabalho de Emmanuel Lubezcki foi reconhecido pelo sindicato dos diretores de fotografia e surge como favorito, apesar de concorrer diretamente com os recordistas em indicações na noite, O Artista e A Invenção de Hugo Cabret. Pode perder por ser um dos trabalhos mais controversos da lista do Oscar deste ano.

Favorito em: Melhor fotografia. Previsão: 1 Oscar

Não há possibilidade de vitória para o filme em outra categoria.

Segunda opção em: -

A indicação a melhor filme e direção já foi uma vitória para o filme. Malick é um daqueles visionários que nunca será recompensado por seus esforços. Mais uma vez, a Academia busca o consenso e isto é difícil de encontrar na recepção de um filme como A Árvore da Vida.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor filme e melhor direção (Terrence Malick).

O Homem que Mudou o Jogo - 6 indicações

Apesar de sua ação se passar muito mais às portas fechadas que nas partidas de beisebol, O Homem que Mudou o Jogo é o clássico conto de superação esportiva que sempre comove o espectador. Bennett Miller contornou a frieza habitual de seus roteiristas e conseguiu transformar o filme em um trabalho com grande e sincera apelo emocional. Apesar destas qualidades e de ter da Sony ter dado uma injeção de ânimo na campanha do filme nas últimas semanas, parece ser o trabalho que sairá de mãos abanando na premiação. Uma injustiça inevitável para que se faça a justiça com outros indicados.

Favorito em: -

O filme pode surpreender na categoria roteiro adaptado. Steven Zaillian e Aaron Sorkin são roteiristas respeitados e já ganharam a estatueta (Sorkin recentemente com A Rede Social). A dupla terá que bater o roteiro de Os Descendentes. Há também a possibilidade de Brad Pitt passar a perna em George Clooney e Jean Dujardin. Puro fator popularidade.

Segunda opção em: Melhor roteiro adaptado e melhor ator (Brad Pitt).

Há concorrentes mais fortes em melhor filme e Jonah Hill não chega nem nos pés dos seus concorrentes veteranos (Christopher Plummer e Max Von Sydow). O filme também enfrenta dificuldades em melhor edição pela concorrência, assim como em mixagem de som.

Possibilidade distante de vitória em: Melhor filme, melhor ator coadjuvante (Jonah Hill), melhor edição e melhor mixagem de som.

Cavalo de Guerra- 6 indicações

Se o favoritismo de Os Descendentes ruiu com o tempo, Cavalo de Guerra foi o filme que sofreu por sua antecipação. Desde que a última temporada de premiações terminou, em março de 2011, o retorno de Spielberg na direção de um longa metragem foi apontado como o candidato a ser batido no Oscar. O favoritismo do filme foi atropelado assim que surgiram as primeiras sessões do filme e as críticas não foram tão favoráveis assim. No entanto, o filme está aqui e concorre a seis estatuetas, mas são indicações tão pálidas que o filme surge como uma aparição pálida na edição de 2012 do Oscar. Não há favoritismo. Spielberg fez melhor em As Aventuras de Tintim, que recebeu uma mísera indicação, trilha sonora.

Favorito em: -

Como o filme é um trabalho irrepreensível tecnicamente, pode ser uma opção nas categorias sonoras, caso a Academia ignore os esforços de Hugo e alguns blockbusters indicados.

Segunda opção em: Melhor edição de som e melhor mixagem de som.

Não arriscaria palpite algum nas demais categorias para Cavalo de Guerra. Talvez direção de arte e trilha sonora, caso a Academia perca totalmente o senso de oportunidade.

Possibilidade distante de vitória em: Melho filme, melhor direção de arte, melhor fotografia e melhor trilha sonora (John Williams).

Tão Forte e Tão Perto - 2 indicações

As duas indicações de Tão Forte e Tão Perto são dois incômodos para a própria Academia. Prova de que o novo sistema de contagem de votos não está funcionando. Como indicar um filme ao Oscar de melhor filme com apenas uma indicação em melhor ator coadjuvante? Difícil... Se Stephen Daldry chegou com moral nas edições de 2001 e 2003 com Billy Elliot e As Horas, aqui, nem o próprio diretor - um profissional admirável por sua sensibilidade e talento - merecia tamanho mico.

Favorito em: -

O veterano Max Von Sydow parece ser a grande razão da presença do filme aqui. O ator vem sendo citado à exaustão por diversos especuladores como o maior concorrente de Christopher Plummer na categoria ator coadjuvante. Tem que existir alguma jutificativa para o filme estar aqui.

Segunda opção em: Melhor ator coadjuvante (Max Von Sydow)

Sério? Preciso argumentar?

Possibilidade distante de vitória em: Melhor filme


Outras premiações...

Os filmes que não foram indicados ao Oscar de melhor filme que têm chances de receber uma estatueta são:

W.E. - Melhor figurino. A Academia costuma premiar filmes de época e que primam pela estética no guarda-roupa. Ainda que O Artista e A Invenção do Cabret preencham os requisitos, os figurinos de W.E. e Jane Eyre são mais extravagantes. W.E., de Madonna, é a aposta.

Planeta dos Macacos - A Origem - O trabalho da equipe de efeitos especiais do filme foi tão bom que chegou-se a cogitar uma indicação ao Oscar para Andy Serkis que contribuiu na captura de movimentos para a composição do símio Ceasar. Não há premiação mais merecida.

Toda Forma de Amor - Christopher Plummer venceu todos os prêmios de ator coadjuvante até então. No entanto, a enxurrada de prêmios pode vencer a Academia pelo cansaço e a surpreendente inclusão de Max Von Sydow na lista de indicados pode fazer Plummer perder seu Oscar.

Rango - Ano fraco em animações. Rango leva fácil o Oscar de melhor animação.

A Dama de Ferro - A vitória de Meryl Streep é mais palpável hoje que no início da temporada. Ela pode vencer fácil o Oscar de melhor atriz, ainda que considere Viola Davis mais forte na categoria. O prêmio incontestável do filme deve ir para a maquiagem, o trabalho da equipe de maquiadores de A Dama de Ferro é melhor que os de Albert Nobbs e Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2.

Os Muppets - "Man or Muppet" de Os Muppets é favorito em melhor canção. Já estou até vendo na segunda-feira reclamações e artigos brasileiros amaldiçoando a Academia pela não premiação de Carlinhos Brown e Sergio Mendes por "Real in Rio" da animação Rio. Bobagem, os dois trabalhos estão em pé de igualdade. No entanto, tudo pode acontecer na categoria canção original, vitórias surpreendentes como as de Diários de Motocicleta e Apenas uma Vez estão aí para comprovar. Tudo pode acontecer, ainda mais com apenas dois indicados.

A Separação - O filme iraniano é favorito ao Oscar de melhor filme estrangeiro por ter levado tudo quanto é prêmio até aqui e por ter conseguido o feito de ser indicado a melhor roteiro original, uma indicação difícil para trabalhos estrangeiros.

Paradise Lost 3 - Purgatory - Esta é a aposta para melhor documentário. No entanto, Pina é um adversário a ser temido em um ano com filmes que essencialmente homenageiam a arte.

As apostas são:
Melhor Filme: O Artista
Melhor Direção: Michel Hazanavicius, O Artista
Melhor Roteiro Original: Meia-Noite em Paris
Melhor Roteiro Adaptado: Os Descendentes
Melhor Atriz: Viola Davis, Histórias Cruzadas
Melhor Ator: Jean Dujardin, O Artista
Melhor Atriz Coadjuvante: Octavia Spencer, Histórias Cruzadas
Melhor Ator Coadjuvante: Christopher Plummer, Toda Forma de Amor
Melhor Edição: O Artista
Melhor Trilha Sonora Original: O Artista
Melhor Direção de Arte: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Fotografia: A Árvore da Vida
Melhor Figurino: W.E.
Melhores Efeitos Especiais: Planeta dos Macacos - A Origem
Melhor Maquiagem: A Dama de Ferro
Melhor Animação: Rango
Melhor Canção Original: "Man or Muppet" de Os Muppets
Melhor Edição de Som: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Mixagem de Som: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Filme Estrangeiro: A Separação
Melhor Documentário: Paradise Lost 3 - Purgatory

Confira lista completa de indicados aqui.

COMENTÁRIOS

BLOGGER: 1
Loading...
Nome

Agenda,11,Checklist,7,Cinco Atos,1,Crítica,97,DVD & Blu-Ray,5,Editorial,2,Entrevista,2,Extras,5,Listão,13,Matéria Especial,5,Notícias,3,Prévia,44,Radar Crítico,18,Rewind,3,TV & Streaming,21,Vilões que Amamos Odiar,1,
ltr
item
Chovendo Sapos: Guia Oscar 2012 - Os Filmes
Guia Oscar 2012 - Os Filmes
http://2.bp.blogspot.com/-oIC0yFM6jBk/Ty_SjgGkcaI/AAAAAAAALg0/bdXbT5mU860/s400/the-artist-BAFT-noms.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-oIC0yFM6jBk/Ty_SjgGkcaI/AAAAAAAALg0/bdXbT5mU860/s72-c/the-artist-BAFT-noms.jpg
Chovendo Sapos
http://www.chovendosapos.com.br/2012/02/guia-oscar-2012-os-filmes.html
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/
http://www.chovendosapos.com.br/2012/02/guia-oscar-2012-os-filmes.html
true
3477978344278040615
UTF-8
Posts carregados Nada encontrado! VEJA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nada encontrado VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para liberar! Copie todo o código Selecione todo código Todos os códigos foram copiados Não foi possível copiar o código